TVI

Audiências. ‘BBZoom’ perde na estreia contra ‘Agricultor’

A grande aposta da TVI para 2020 já estreou. A nova edição de Big Brother, agora BB2020, só estreia daqui a duas semanas, mas a primeira fase – o BBZoom – chegou ontem à estação de Queluz. A estreia não conquistou as audiências.

Apresentado por Cláudio Ramos, o renascer do novo Big Brother gerou vários comentários nas redes sociais, em especial no Twitter, onde se tornou o assunto mais comentado do momento. Porém, nas contas finais, o A Caminho da Casa não conseguiu destacar-se nas audiências e ficou-se pelo 2.º lugar. Com 13,9% de audiência média e 24,5% de share, a nova edição de O Grande Irmão conquistou um milhão e 300 mil telespectadores.

No melhor momento, Cláudio Ramos conquistou 18,4% de rating, logo após o final de Isto é Gozar com Quem Trabalha. Os espectadores mudaram de canal quando terminou o programa de humor e espreitaram a aposta da TVI, no entanto a liderança só durou 10 minutos. Os portugueses voltaram depois à SIC e relegaram o canal de Queluz ao segundo lugar, onde se manteve até ao final. Já a segunda parte da gala, A Avaliação, não foi além dos 9,6% de audiência média e 25,2% de quota de mercado, perdendo também para a segunda parte da estreia do programa da SIC.

Por sua vez, a nova edição de Quem Quer Namorar um Agricultor?, que na sua vaga de episódios trouxe uma agricultora no elenco principal, foi líder absoluta de audiências e garantiu à SIC um dos maiores resultados de quota de mercado dos últimos dias. Apresentado por Andreia Rodrigues, a estreia da terceira temporada do programa conquistou um milhão e 620 mil telespectadores, o correspondente a 17,1% de rating e 28,5% de share. No melhor momento, Andreia Rodrigues e companhia conseguiram mesmo chegar aos 21% de audiência média, ultrapassando a fasquia dos dois milhões de portugueses sintonizados. A segunda e terceira parte do programa, A Decisão e A Chegada, foram também líderes de audiência. Os segmentos registam 16,3% / 32,7% e 10,0% / 30,9%, respetivamente.

Já a RTP1, com a sua edição especial de The Voice, conseguiu uma audiência média de 4,1%, o correspondente a 8,0% de share. A aposta do Primeiro Canal não se destacou perante a feroz concorrência.

BBZoom foi o favorito dos jovens.

Nos targets comerciais, as apostas dos canais privados conquistaram a preferência de públicos muito distintos. A nova edição de Big Brother foi o favorito das faixas etárias 15-24, o que explicará a forte recetividade do programa junto das redes sociais. O formato apresentado por Cláudio Ramos conseguiu, também, a liderança em Lisboa, alcançando 30% de share na capital do país. Já o Agricultor, que liderou na maioria dos targets, teve especial adesão junto do público mais velho e no interior do país.

Nos totais diários, apesar do dia dedicado à nova edição do Big Brother, a vitória foi da SIC. Com 21% de share médio, a estação de Paço de Arcos segurou confortavelmente o primeiro lugar, seguida da TVI com 16,2% e da RTP1 com 10,4%.

Outros destaques:

Rui Rio foi o grande convidado de Ricardo Araújo Pereira.
  • Isto é Gozar com Quem Trabalha teve a sua emissão mais vista de sempre neste domingo (26). O formato conduzido por Ricardo Araújo Pereira conseguiu um recorde absoluto de 19,8% de audiência média e 30,6% de quota de mercado, esmagando a concorrência.
  • BBZoom: Fora D’Horas, conduzido por Maria Botelho Moniz, não conseguiu destacar-se nas audiências. A discussão com Marta Cardoso e Pedro Crispim não foi além de 3,9% de audiência média e 18,6% de share, ficando-se pelo 2.º lugar no horário.
  • A repetição da final da primeira edição de Big Brother, conduzida por Teresa Guilherme, registou uma audiência média de 6,4% e 14,1% de share.
Mais Artigos
Opto SIC Globoplay
OPTO e Globoplay: semelhanças e diferenças na guerra dos streamings