Eurovisão
Fotografia: Eurovision.tv

Roterdão disponível para receber Eurovisão em 2021

Quando o Festival Eurovisão da Canção 2020 foi cancelado devido ao novo coronavírus, muitas questões foram colocadas em relação à Eurovisão 2021.  Embora a União Europeia de Radiodifusão (UER)  já esteja a tomar decisões sobre o destino dos artistas e as suas músicas, ainda não se sabe onde vai ser realizada a próxima edição.

A UER pediu que a câmara municipal de Roterdão tomasse uma decisão até ao final deste mês. Caso Roterdão não quisesse acolher o Festival novamente, a organização tinha de consultar outras cidades do país. A Holanda ganhou o direito de ser o país anfitrião depois de vencer em 2019 com a música ‘Arcade’ de Ducan Laurence.

A cidade holandesa aprovou esta quinta-feira (23) um aumento de 6,7 milhões de euros ao orçamento deste ano, estando assim disponível para receber a 65.ª edição do festival. A câmara já tinha investido 15 milhões de euros e o aumento do orçamento vem cobrir os custos com o centro de congressos Ahoy (palco do festival) e a segurança adicional.

Os vereadores de Roterdão esperam que os empreendedores recebam um impulso económico ao trazer o Festival Eurovisão da Canção para a cidade. Perante isto, a organização do evento vai tomar agora uma decisão final, tendo em consideração várias questões financeiras, logísticas e, principalmente, de saúde. Embora a cidade de Roterdão esteja disponível, até a própria competição está dependente da evolução da pandemia, uma vez que o movimento de massas dos fãs da Eurovisão pode representar um risco para todos.

“Para darmos uma resposta definitiva, precisamos antes de responder a uma série de questões. A decisão provavelmente será tomada em meados de maio”, revelaram fontes da organização do festival.

Eurovisão
Fotografia: Rotterdam Ahoy

Se a UER e os restantes organizadores do evento decidirem selecionar de novo Roterdão, a câmara municipal quer homenagear os profissionais de saúde, que têm estado na linha da frente na crise atual que o mundo enfrenta. A homenagem pode passar por dar ingressos gratuitos ou honrá-los com uma participação durante o festival. Por enquanto, a arena onde aconteceria o espetáculo deste ano foi transformada num hospital de campanha para doentes com Covid-19.

Depois de cancelada a 65.ª edição do Festival Eurovisão da Canção, a organização anunciou a realização de um espetáculo com os artistas que iam representar os 41 países concorrentes deste ano. Eurovision: Europe Shine A Light vai para o ar em direto no dia em que aconteceria a Grande Final do evento, a 16 de maio, em direto na RTP.

Este ano era a canção ‘Medo de Sentir’, interpretada por Elisa e composta por Marta Carvalho, que iria representar Portugal na competição internacional.

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.