‘O Mundo Não Acaba Assim’: RTP1 estreia primeira série portuguesa produzida em casa

A produção inovadora estreia terça (28), às 21h30, na RTP1

Transmitida pela RTP1, O Mundo Não Acaba Assim é a primeira série de ficção em Portugal a ser totalmente produzida em casa. Reflete este momento que enfrentamos e prova que a distância é só um pormenor.

Numa altura em que sentimos falta de tudo e de todos e a necessidade de distanciamento social é imperativa, um grupo de personagens em quarentena usa a tecnologia para se manter em contacto uns com os outros e consigo próprios.

Com argumento e realização de Artur Ribeiro, Filipe Homem Fonseca, Luís Filipe Borges, Nuno Duarte e Tiago R. Santos, a série engloba registos que vão do drama à comédia e até animação, provando que o contacto pessoal não se faz só de toque mas também partilhas e redescobertas íntimas.

Ex-namorados retomam ligações à distância, com encontros virtuais, confissões nos piores momentos, descobertas e aventuras entre quatro paredes. Por videochamada, também amigos e familiares estreitam laços ou afastam-se numa altura em que, mesmo para os que estão por perto, a distância é obrigatória.

Os episódios semanais terão a duração de 25 minutos e vão retratar várias narrativas através um vasto leque de atores onde a condição humana transcende o ecrã de uma videochamada.

Com Sofia Nicholson, Rodrigo Tomás, João Lagarto, Manuela Couto, João Craveiro, Teresa Tavares, Sofia Grillo, Heitor Lourenço, entre muitos outros, estes são alguns dos rostos que protagonizam esta inovadora série televisiva.

Durante esta realidade em que pouco resta para além da partilha e descoberta da consciência coletiva, O Mundo Não Acaba Assim é uma produção da Távola Redonda Produções e estreia dia 28 de abril, às 21h30, na RTP1.

LÊ TAMBÉM Entrevista. Luís Ganito acha o regresso de Conta-me Como Foi “totalmente possível”

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Mais Artigos
Ordem Moral
TVCine Edition celebra língua portuguesa em ‘Semana da Língua Materna’