EF via RTP/Divulgação

Júlio Isidro considera #EstudoEmCasa “uma belíssima adaptação”

Júlio Isidro, em entrevista ao podcast Fita Isoladora, do Espalha-Factos, considera que o #EstudoEmCasa, a nova telescola da RTP, é “uma belíssima adaptação” que o Ministério da Educação e a estação pública conseguiram para concluir o presente ano letivo.

É o principalmente “tendo em conta o fator tempo (…) é um projeto que foi posto em prática em cerca de 20 dias, e o outro aspeto é a própria inexperiência dos intervenientes, neste caso as professoras e os professores“. O histórico apresentador de televisão congratula-se ainda pelo resultado final – “Saiu uma coisa muito limpinha, eu no dia que vi às 9h da manhã fiquei deliciado“.

Na conversa, cuja versão completa já está disponível nas principais plataformas, Júlio Isidro faz ainda um balanço do trabalho que a RTP Memória faz ao associar a inovação e o património histórico do arquivo da RTP, bem como das oportunidades futuras que surgem para o conteúdo educativo nos canais do grupo público.

No episódio conduzido por João Malheiro, Pedro Miguel CoelhoTiago Serra Cunha houve ainda oportunidade de fazer o balanço da temporada de Conta-me Como Foi que termina este sábado (25), com declarações do ator Luís Ganito e de debater a importância da informação de confiança para a manutenção das liberdades, direitos e garantias conquistadas há 46 anos pelo 25 de abril.

O Fita Isoladora conta ainda com a antecipação da estreia do BB 2020, com uma peça informativa do Rúben Ferreira, e com sugestões literárias e musicais, da Mariana Nunes e do João Pardal, respetivamente.

podcast pode ser ouvido nas plataformas Mixcloud (com Acesso Aberto)SpotifyApple PodcastsGoogle Podcasts, AnchorBreaker e RadioPublic.

Ouve aqui:

Mais Artigos
Bem Bom filme sobre as Doce é adiado para agosto de 2020
‘Bem Bom’ já tem nova data de estreia marcada