mean girls

Rachel McAdams gostava de fazer sequela de ‘Mean Girls’

Rachel McAdams comentou recentemente a vontade de fazer uma sequela do clássico Mean Girls. A atriz acredita que seria divertido ver como estaria a sua personagem atualmente.

Mean Girls é um dos mais icónicos filmes de adolescentes que continua a conquistar corações. Estreado em 2004, os fãs citam ainda hoje as inúmeras frases famosas que o filme popularizou. Rachel McAdams (The Notebook), que deu vida à icónica Regina George, esteve no sábado (18), na livestream da “Heroes of Health: Covid-19” onde foi questionada por um fã se gostaria de voltar a fazer de Regina: “Seria divertido interpretar Regina George mais tarde na sua vida e ver para onde a vida a levou“, disse.

A atriz já tinha demonstrado o desejo de uma sequela em 2016 durante uma entrevista à Entertainment Weekly. “Há uns anos atrás, tivemos uma reunião numa sessão fotográfica e não foi suficiente“. Também Lindsay Lohan, que contracenou com McAdams e interpretou Cady Heron, demonstrou recentemente vontade de uma sequela: “Eu queria voltar com Mean Girls 2, com o mesmo elenco, trabalhar com Tina Fey e toda a equipa novamente“, comentou durante o Lights Out With David Spade.

Lê também: 5 filmes emblemáticos sobre o “high school” americano

O filme foi adaptado por Tina Fey (Baby Mama) para um musical que estreou na Broadway em 2018. Em janeiro deste ano, Fey anunciou que estaria a ser pensada uma adaptação cinematográfica do musical.

Apesar de ter havido uma sequela intitulada Mean Girls 2, lançada em 2011, a verdade é que o filme ficou aquém das expectativas. Do elenco principal apenas se manteve Tim Meadows (The Goldbergs). Esta sequela também não contou com a colaboração de Tina Fey, nem foi feito para o cinema, mas antes para a televisão. Por isso, seja um musical ou não, ainda há esperança para uma reunião das raparigas mais populares do Colégio North Shore.

Mais Artigos
Lupin
‘Lupin’ ultrapassa estreias de ‘Bridgerton’ e ‘Gambito de Dama’ na Netflix