Eurovisão
Fotografia: Rotterdam Ahoy

Arena da Eurovisão 2020 transforma-se em hospital de campanha

A Rotterdam Ahoy, que receberia o festival em maio, serve agora de centro para acolher doentes com Covid-19.

Depois do cancelamento da edição deste ano do Festival Eurovisão da Canção, a arena Ahoy, em Roterdão, nos Países Baixos, já tem ocupação definida. Aquele que seria palco do maior certame musical do mundo foi transformado num hospital de campanha, para acolher doentes com Covid-19.

Algumas pessoas não conseguem mais sobreviver em casa e devem ser atendidas conforme as instruções dos seus médicos. Em breve, poderemos recebê-las aqui na Ahoy“, disse à imprensa local a diretora do serviço público de saúde da região de Roterdão, Saskia Baas.

A Rotterdam Ahoy, com 60.000 m² de área, recebe este hospital improvisado, que conta com 88 camas. O espaço acolherá igualmente pessoas que não precisem de tramento em cuidados intensivos e não possam ser acompanhadas nos seus centros de assistência médica habituais ou em casas de repouso.

Eurovisão
Fotografia: Rotterdam Ahoy

O centro de eventos servirá, deste modo, para eventuais sobrecargas sobre os hospitais. “O hospital de campanha está pronto a ser utilizado imediatamente, caso venha a ser necessário, porque é fundamental antever potenciais necessidades. Se só se avançar quando a necessidade surgir, já se estará duas semanas atrasado“, explicou o diretor das autoridades de segurança de Roterdão, Arjen Littooij, à Euronews.

Segundo o último balanço das autoridades das autoridades nacionais, os Países Baixos contam já com mais de 3.300 óbitos e 29 mil infetados pelo novo coronavírus. O país é um dos poucos onde ainda não foi imposto o confinamento da população para conter a pandemia.

Eurovisão cancelada dá lugar a emissão especial

A decisão de converter a Arena Ahoy, com capacidade para mais de 16 mil espetadores, num hospital de campanha surge depois de, no passado mês de março, a União Europeia de Radiodifusão (EBU) ter anunciado o cancelamento do Festival Eurovisão da Canção 2020. Esta torna-se, assim, a primeira edição do certame a não ser realizada.

Entretanto, a EBU anunciou um programa especial a ser emitido no dia em que teria lugar a final da edição deste ano do concurso. Eurovision: Europe Shine a Light honrará as 41 canções apuradas, contado ainda com alguns dos representantes mais conhecidos dos últimos anos. A RTP, que tinha já confirmado ao Espalha-Factos a participação no evento, assegura a transmissão do especial, que vai para o ar a 16 de maio.

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Mais Artigos
Dia da Mulher Africana: 5 atrizes afro-americanas que mudaram Hollywood