Sérgio Figueiredo
Sérgio Figueiredo volta ao jornalismo depois de oito anos a desempenhar cargos de gestão na EDP.

O Norte não esquece e TVI já pediu desculpa após reportagem polémica

Sérgio Figueiredo, diretor de informação da TVI, emitiu um longo comunicado a pedir desculpa por uma polémica gerada nas redes sociais após uma peça emitida pelo informativo do canal que caraterizava a Região Norte como tendo “população menos educada, mais pobre, envelhecida e concentrada em lares“.

Em causa está uma frase que passou no ecrã durante uma reportagem que pretendia explicar aos telespectadores o porquê de no norte haver mais casos.

A imagem polémica nas redes sociais

Ora, esta frase gerou muita indignação e tornou-se logo um dos assuntos mais comentados no twitter.

Foram várias as personalidades ligadas à política que condenaram o que aconteceu. André Coelho Lima, vice-presidente do PSD, publicou no Facebook a imagem acompanhada da simples descrição: “Alguém me consegue ajudar a comentar isto? É que faltam-me as palavras …”. Também Rui Moreira, presidente da câmara municipal do Porto utilizou o Facebook para reagir. O autarca do Porto escreveu um longo texto onde teceu fortes críticas com o título “Do Norte com educação.”

O pedido de desculpa de Sérgio Figueiredo

Depois de toda a polémica gerada, Sérgio Figueiredo partilhou um comunicado onde lamentou o ocorrido“Apesar de todas as redações que produzem jornalismo estarem a trabalhar em condições terríveis, a TVI fez o que estava certo: questionou algo relevante, falou com quem sabe e produziu uma reportagem com uma intenção genuinamente construtiva e socialmente relevante.”

Prosseguiu, “Isto não justifica, porém, a construção de uma frase infeliz no ecrã, nem a parte do texto que a suportava. Nomeadamente aquela que, entre as razões demográficas e sociológicas indagadas, sugeria níveis de educação abaixo da média nacional. Essa frase foi por muitos interpretada como uma ofensa às gentes do Norte – o que não era evidentemente o nosso propósito.”

O diretor de informação da TVI admitiu que este se tratou de um “erro grosseiro” mas que “não caracteriza todo um Jornal e, menos ainda, uma estação televisiva que todos os dias acorda guiada pela sua mais nobre missão que é servir os portugueses.”

Durante esta terça-feira (14), o canal de Queluz acabou por retirar do seu site a reportagem onde explicava o porquê de no Norte do país haver mais casos. Durante a manhã, o presidente da câmara do Porto Rui Moreira partilhou o comunicado da TVI com a descrição: “Por ser eticamente correcto, publico o pedido de desculpas da TVI, que naturalmente, o Porto sabe aceitar.”

O Jornal da Tarde, desta terça-feira (14), emitido na RTP1 e produzido a partir do Centro de Produção do Norte, acabou ao som da música “Pronúncia do Norte” enquanto o pivô dizia que “o vírus não distingue a educação, a cultura, os pontos cardeais e nem sequer a pronúncia.” 

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Mais Artigos
Disney+ estreia concerto intimista do novo álbum de Taylor Swift