Mosquito de João Nuno Pinto
Divulgação/Mosquito Filme

Quarentena no Sofá: filmes portugueses para ver online

Espalha-Factos traz-te mais sugestões de filmes para este período de isolamento, mas desta vez focadas em conteúdo nacional. Descobre 11 longas-metragens e cinco curtas-metragens, realizadas por cineastas portugueses, disponíveis em streaming ou online.

Alice, de Marco Martins, NOS Play

O filme de 2005 é protagonizado por Nuno Lopes, Beatriz Batarda e Miguel Guilherme e venceu vários prémios, incluindo o Prix de la Jeunesse para melhor longa-metragem no Festival de Cannes. Acompanha a história de um pai cuja filha desapareceu e tenta a todo o custo encontrá-la.

Aquele Querido Mês de AgostoHBO Portugal

O filme de Miguel Gomes é uma mistura entre ficção e documentário, que retrata a vida durante as festas de verão em várias aldeias portuguesas. Acompanha uma banda de baile pelos palcos e pelos amores e desamores entre personagens.

Cartas de Guerra, HBO PortugalCartas de Guerra

Realizado por Ivo Ferreira, o drama baseia-se nas cartas que António Lobo Antunes escreveu à sua mulher durante a Guerra Colonial, enquanto esteve em Angola de 1971 a 1973. Nesta altura, Lobo Antunes era ainda aspirante a escritor e um jovem médico com muitas ambições, mas que a guerra interrompeu.

Chuva é Cantoria na Terra dos Mortos, Filmin

O mais recente filme de João Salaviza e Renée Nader está agora disponível na Filmin. O documentário explora a cultura indígena no Brasil contemporâneo e como as suas tradições estão a ser destruídas pelo governo.

Li Ké Terra, Filmin

O documentário de Filipa Reis, João Miller Guerra e Nuno Baptista conta a história de dois jovens descendentes de imigrantes Cabo Verdianos que vivem sem documentação em Portugal. Os seus sonhos para o futuro encontram barreiras no quotidiano.

Mosquito (2020), de João Nuno Pinto, Filmin

Mosquito de João Nuno Pinto
Divulgação/Mosquito Filme

O filme passa-se em 1917 e conta a história de um soldado português, Zacarias, que é enviado para Moçambique durante a Primeira Guerra Mundial. No entanto, é abandonado pelo seu pelotão e perde-se por entre a selva africana. Mosquito inspira-se nas experiências vividas pelo avô do realizador.

Os Mutantes, de Teresa Villaverde, Vimeo

A Alce Filmes disponibilizou online, até dia 25 de abril, o filme Os Mutantes (1998), realizado por Teresa Villaverde. Retrata a história de três adolescentes, Andreia (Ana Moreira), Pedro (Alexandre Pinto) e Ricardo (Nelson Varela), que se encontram inseridos em instituições de reinserção social devido às suas famílias disfuncionais. O filme quase se aproxima de um documentário, e retrata uma realidade crua, que muitas vezes nos escapa entre olhares. A terceira longa metragem da realizadora passou pela secção Un Certain Regard da edição de 1998 do Festival de Cannes.

Os Verdes Anos, de Paulo Rocha, Cinemateca

Apenas durante esta semana (até 16 de abril), a Cinemateca disponibiliza online o primeiro filme de Paulo Rocha, Os Verdes Anos. Conta a história de Júlio, que se muda da província para Lisboa e se apaixona por Ilda, uma jovem empregada. O filme “é um olhar sobre Lisboa, desencantado, terno e amargo”, lê-se no site da Cinemateca.

Sangue do Meu Sangue, HBO Portugal

sangue-do-meu-sangue_1

O drama de João Canijo protagonizado por Rita Blanco conta a história de uma família, que vive nos arredores de Lisboa, e vê a sua vida mudar repentinamente. Em 2012, o filme venceu os prémios de Melhor Filme, Melhor Atriz e Melhor Argumento, da Sociedade Portuguesa de Autores.

Tabu, HBO Portugal

Este drama português de 2012 foi realizado por Miguel Gomes. Conta a história de uma mulher reformada, Aurora, que após ser hospitalizada pede ajuda à sua vizinha, Pilar, para procurar um homem com uma ligação ao seu passado. A vizinha leva-nos cinquenta anos atrás, ao Monte Tabu, em África, antes da Guerra Colonial.

Terra Franca, Filmin

Fonte: Divulgação / Uma Pedra No Sapato

À beira do Tejo, numa antiga comunidade piscatória, um homem vive entre a tranquilidade solitária do rio e as relações que o ligam à terra. Terra Franca retrata a vida deste pescador, atravessando as quatro estações que renovam os ciclos da natureza e acompanham as contingências da vida de Albertino Lobo.

Curtas-metragens

 A Gruta de Darwin, Vimeo

O filme A Gruta de Darwin, de Joana Toste, está disponível gratuitamente no Vimeo. Esta curta-metragem animada mostra como a transmissão de experiência entre mães e filhas é fundamental para sobreviver, e para amar.

A Raposa da Deserta, Vimeo

A Red Desert Films disponibilizou online o documentário A Raposa da Deserta (2015), realizado por Pedro Neves. Conta a história de Fernando Alves, um homem de 66 anos que é o único habitante da Ilha Deserta, no Algarve. “Este é um documentário sobre a vida, a solidão e a amizade, sobre um modo alternativo de viver fora dos grandes centros urbanos, em harmonia com a natureza e consigo próprio”, lê-se na sinopse.

Calipso, Youtube

Calipso de Paulo A. M. Oliveira e Pedro Martins

Calipso, realizado por Paulo A. M. Oliveira e Pedro Martins, é uma curta-metragem de 2018 sobre uma epidemia que se propaga em Lisboa, alterando o sistema neurológico dos infetados. Parece-nos muito pertinente para os tempos que vivemos e está disponível gratuitamente no Youtube.

O Sapateiro, Vimeo

A produtora Sardinha em Lata disponibilizou online O Sapateiro, uma curta-metragem de animação, de David Doutel e Vasco Sá. O filme reflete sobre as memórias de vida de um sapateiro, acompanhando um dia na sua profissão.

Sleepwalk, de Filipe Melo, Youtube

O artista multifacetado português, Filipe Melo, disponibilizou no seu canal de Youtube a sua curta metragem, Sleepwalk (2018). Esta retrata a viagem paciente de um homem (Greg Lucey) em busca de uma fatia de tarte de maçã pelos Estados Unidos da América, sendo que esta pequena fatia irá trazer uma mensagem mais importante do que aparenta.

Sugestões de Carolina Correia, Miguel Rocha e Pedro Miguel Coelho.
Mais Artigos
Festival Glastonbury
Reino Unido aprova dispositivo de testes rápidos à Covid-19 para festivais