Teatro Nacional de São João
Foto: TNSJ

Teatros nacionais vão celebrar o 25 de abril com programação especial online

O primeiro-ministro desafiou os diretores dos teatros D. Maria e São Carlos, em Lisboa, São João, no Porto, e da Companhia Nacional de Bailado a celebrar o Dia da Liberdade com uma programação artística online. Esta é a primeira vez em democracia que os portugueses não vão poder festejar o 25 de abril juntos na rua.

Devido às restrições impostas pela pandemia do novo coronavírus, o dia dos cravos não vai poder ser festejado com as manifestações e desfiles habituais. António Costa já revelou a possibilidade de prolongar o Estado de Emergência até maio. Deste modo, cabe aos teatros nacionais, tal como no Dia Mundial do Teatro, a criação de um programa que permita aos portugueses celebrar o dia em casa e que “esteja à altura destes tempos desafiantes para todos”, afirmou Tiago Rodrigues, diretor artístico do teatro D. Maria, em comunicado enviado ao Notícias ao Minuto.

Cravo, 25 de abril, República

O responsável pelo teatro admitiu ainda que vai ser estranho para todos não ir para as ruas numa data tão importante da história do país e que a maioria celebra em público. No entanto, relembrou que “tempos excepcionais exigem respostas excepcionais” e que “todos fomos atingidos e temos de enfrentar este momento complexo e cheio de incerteza”, especialmente as vítimas e seus familiares, os profissionais de saúde, mas ainda os milhares de artistas que perderam a sua atividade.

Também o próprio diretor e encenador foi atingido pelas restrições da pandemia. A estreia da sua peça Blindness and Seegin (Cegueira e Visão), baseada nas obras Ensaio Sobre a Cegueira e Ensaio Sobre a Lucidez, de José Saramago, foi cancelada. A data estava marcada para agosto e a apresentação ia ser feita pela Royal Shakespeare Company, no Swan Theatre, em Stratford-upon-Avon, Inglaterra. “A ironia é que uma peça sobre uma epidemia ficcional acabar por ser cancelada por uma epidemia real”, declarou no mesmo comunicado.

“A proposta que vamos criar em conjunto será também um desafio aos artistas para pensarem o que significa celebrar o 25 de abril em que não podemos estar juntos”, assegurou Tiago Rodrigues. No entanto, a programação ainda é desconhecida, mas será anunciada em breve, segundo o diretor.

Mais Artigos
Jennifer Hudson como Aretha Franklin no filme biográfico Respect
‘Respect’: Filme com Jennifer Hudson sobre Aretha Franklin ganha trailer