Impasse, de Pedro Teixeira da Mota

Oito espectáculos de stand-up portugueses disponíveis no YouTube

Estamos fartos de más notícias em tudo o que é meio de comunicação social, certo? Estamos fechados em casa e a última coisa que precisamos é algo que nos coloque a moral ainda mais em baixo e desanimados. É nestas alturas que rir é o melhor remédio. Como tal, deixamos aqui uma lista não exaustiva de algumas recomendações de espectáculos de stand-up portugueses disponíveis no YouTube. Tivemos apenas em conta tentar colocar espectáculos recentes e da conta oficial dos artistas ou das respectivas produtoras, pelo que espectáculos como os do Rui Sinel de Cordes, apesar de estarem no YouTube, não os indicaremos aqui por não serem disponibilizados pelo próprio artista ou produtora.

Deixamos apenas dois reptos:

Muitos dos espectáculos que agora recomendamos, têm indicação de formas de contribuição aos artistas, e é uma generosa forma de agradecimento pela disponibilização do seu espectáculo online para que agora o possamos ver;

Muitas tours foram interrompidas por esta pandemia à escala mundial como Callback, do Rui Xará, Karma, de Paulo Almeida, Vou Ficar, de Dário Guerreiro (Môce dum Cabréste), Supremacista Cultural, do Jovem Conservador de Direita e O Início, de Rui Sinel de Cordes – isto para elencar apenas alguns. Assim que os artistas voltarem, pedimos que os apoiem e vão aos seus espectáculos, da mesma maneira que eles são os primeiros a fazer com que custe menos ultrapassar estes momentos difíceis que passamos enquanto sociedade.

Daniel Carapeto – O Estúpido

Dário Guerreiro (Môce Dum Cabréste) – Lendário

Guilherme Duarte – Por Falar Noutra Coisa

Hugo Sousa – Fora do Contexto

Luís Franco Bastos – Voz da Razão

Paulo Almeida – Ódio de Estimação

Pedro Teixeira da Mota – impasse

Rui Cruz – Como Todos Fazem

Este artigo é da autoria de João Estróia Vieira e foi originalmente publicado na Comunidade Cultura e Arte.
Mais Artigos
Baby Yoda
Baby Yoda tem nome revelado em ‘The Mandalorian’