Nobuhiko Obayashi
Fotografia: Associated Press / Yuri Kageyama

Cineasta japonês Nobuhiko Obayashi faleceu aos 82 anos

O realizador mais influente do Japão na atualidade dedicou o seu trabalho a descrever os horrores da guerra e a cantar o poder eterno dos filmes. Segundo a informação transmitida no site da sua última produção, Labyrinth of Cinema, Nobuhiko Obayashi perdeu a vida na sexta-feira, dia 10 de abril, vítima de cancro.

Nasceu a 9 de janeiro de 1938 na cidade de Onomichi, localizada na província de Hiroshima, no Japão. A vontade de ser realizador de cinema nasceu quando era ainda criança, altura em que fazia filmes apenas com um projetor e película fotográfica do seu pai. Recebeu, mais tarde a sua primeira câmara de 8 mm.

Nobuhiko Obayashi
Fotografia: Associated Press / Yuri Kageyama

Na década de 60, Nobuhiko Obayashi distinguiu-se como pioneiro do cinema experimental. Realizou, nessa altura, mais de três mil anúncios de televisão.

Chegou ao mundo do cinema em 1977, com House, uma comédia de terror considerada logo como um “clássico de culto”. Seguiu-se, no mesmo ano, The Visitor in the Eye, no qual também participa como ator. Ainda na década de 70, trabalhou com nomes de destaque, tais como Kirk Douglas, Charles Bronson e Catherine Deneuve.

Porém, foi na década de 80 que o seu nome ganhou relevância. Começou por produzir alguns filmes “coming of age”, tais como Tenkōsei (1982), The Girl Who Leapt Through Time (1983) e Lonely Heart (1985). Os últimos formam a trilogia Onomichi, nomeada segundo a cidade natal de Nobuhiko Obayashi.

Lê também: Akira Kurosawa, os 110 anos do nascimento da lenda do cinema japonês

Em 2016 foi diagnosticado com cancro terminal e foram-lhe dados apenas alguns meses de vida. No entanto, o cineasta japonês continuou a trabalhar e realizou ainda os filmes Hanagatami (2017) e Labyrinth of Cinema (2019). A sua última produção tinha data de estreia oficial no Japão agendada exatamente para o dia 9 de abril de 2020, mas foi obrigatoriamente adiada devido à pandemia do novo coronavírus.

Com mais de 40 filmes, milhares de programas de televisão, anúncios e outros vídeos da sua autoria, Nobuhiko Obayashi perdeu a luta contra o cancro aos 82 anos. Deixa a esposa, Kyoko Obayashi, atriz e produtora, e a filha, Chigumi, também ela atriz. No site de Labyrinth of Cinema fica o anúncio conciso mas emotivo: “O diretor Obayashi lutou contra a sua doença até ao dia do lançamento programado do seu filme. Descanse em paz, realizador Obayashi, você que gostava tanto de filmes que continuava a trabalhar”.

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.