Eu Chico em Casa
Fotografia: Divulgação

‘Eu Chico Em Casa’. É um talk-show português, mas animado

Depois de ter criado as séries Atl e A Vida e Obra de um Desanimado no Canal Q, Francisco Correia estreia-se como apresentador de Eu Chico em Casa, um programa de variedades feito totalmente a partir da sua casa.

Este procura ser “um talk show tradicional, com muito humor, bons convidados e actuações. Uma oportunidade de receber pessoas em casa, sem correr qualquer risco”, pode ler-se no comunicado enviado para a nossa redação.

A animação e ilustração do programa é da autoria do próprio Chico (Francisco Correia) e o cenário é desenhado por Ded Mongol. Já o guião ficou a cargo de José Paiva e Rodrigo Nogueira.

Lê também: Zoom com falhas de segurança após expansão repentina

Há algum tempo que queria fazer um talk show em animação, mas sou um bocado preguiçoso e desistia sempre que o tentava fazer, se calhar também por não haver um conceito predefinido. Com a quarentena, e com a falta de oportunidade para trabalhar, surgiu-me o trocadilho do “eu fico em casa” com o “eu chico em casa“, disse-nos Francisco Correia quando questionado sobre o que o levou a criar este talk show, e que acrescentou ainda “Comecei a pensar no conceito de ser eu a apresentar, metade de blazer metade de pijama, como se o estúdio fosse em minha casa, e como já tinha feito duas séries de animação, estava mais confiante para avançar com isto.

A estreia do talk-show aconteceu no sábado (dia 4) no Facebook e no YouTube e teve como primeiro convidado o cantautor Luís Severo. O programa acontecerá assim todos os sábados por volta das 21h.

Artigo publicado originalmente na Comunidade Cultura e Arte.

Mais Artigos
Eurovisão
Eurovisão 2020. De acordo com o Spotify, esta seria a canção vencedora