Robert Downey Jr em O Juiz
© 2014 Warner Bros. Entertainment Inc

Robert Downey Jr: 12 filmes para ver no aniversário do ator

Robert Downey Jr. comemora 55 anos de idade neste sábado (4). Um dos mais bem pagos e reconhecidos atores do mundo – em grande parte devido ao seu papel como o bilionário excêntrico e super-herói Tony Stark ou Homem de Ferro – a carreira do ator vai além da famosa personagem de banda desenhada.

Após um período de sucesso com a crítica no início dos anos 90, o ator viu a sua carreira descarrilar devido a sucessivos escândalos com álcool e drogas, que culminaram no seu despedimento da série Ally McBeal em 2001.

Depois de um período de recuperação, o ator reconstruiu a carreira entre os anos de 2003 e 2007. Em 2008, Jon Favreau escolhia-o como para interpretar Tony Stark, o famoso Homem de Ferro, naquele que viria a ser a primeira incursão da Marvel no mundo do cinema. Um sucesso critíco e de bilheteira, Homem de Ferro viu nascer o universo cinematográfico da Marvel que, ao longos dos próximos 12 anos, iria-se tornar numa das mais bem sucedidas sagas da história do cinema, com Robert Downey Jr. como um dos seus principais propulsionadores. No papel de Tony Stark, o ator conta com créditos em 9 dos 23 filmes do universo lançados até à data.

Mas o ator não é só Tony Stark. Por vista à celebração das suas 55 primaveras, o Espalha-Factos elaborou uma lista de recomendações em que o ator não está na pele do famoso super-herói da Marvel.

1969 (1988), Ernest Thompson

O drama de Ernest Thompson traz-nos Robert Downey Jr. e Kiefer Sutherland na pele de dois adolescentes rebeldes, Ralph e Scott. O filme aborda o tópico das tensões sociais que ocorreram nos Estados Unidos aquando da guerra do Vietname, conectando-as com o crescimento das personagens dentro do seu seio familiar e da sua pequena cidade americana.

Chaplin (1992), Richard Attenborough

A sua interpretação como a lenda da comédia Charlie Chaplin é a que muitos consideram a melhor da carreira do ator. Neste filme biográfico, de Richard Attenborough, temos a possibilidade de observar um Chaplin longe das câmeras, que apesar dos sorrisos que trazia ao mundo através das suas comédias, vive uma vida pessoal tumultuosa e vulnerável. O filme recebeu três nomeações para os Óscares – incluindo nomeação de melhor ator para Robert Downey Jr. –, quatro nomeações para os BAFTA, que valeu a RDJ o prémio de melhor ator, e três nomeações para os Globos de Ouro.

Short Cuts (1993), Robert Altman

Contando com um ensemble cast, o filme de Robert Altman revela um enredo de 22 personagens conectadas entre elas, enraizado nos conceitos do acaso, morte e infidelidade. É baseado nas histórias do autor e poeta Raymond Carver. Venceu o prémio principal no Festival de Veneza, e o elenco levou para casa um Globo de Ouro pela sua performance.

Natural Born Killers (1994), Oliver Stone

Um dos filmes mais controversos da história da sétima arte, Natural Born Killers nasce de uma história original de Quentin Tarantino, adaptada por Oliver Stone (que também ficou a cargo da realização), Richard Kutowski e David Veloz. Retrata um casal, interpretado por Woody Harrelson e Juliette Lewis, que depois de sofrerem uma infância traumatizante tornam-se assassinos em série. Enquanto a sua onda de crime continua, Wayne Gale (Robert Downey Jr.), jornalista de um tablóide, efetua uma reportagem sobre eles que os eleva a heróis de culto.

The Singing Detective (2003), Keith Gordon

Enquanto está hospitalizado com um caso grave de psoríase, o romancista Dan Dark (Robert Downey Jr.) revive a história do seu primeiro livro. Com febre alta, paranóia e interessado em musicais, o homem confunde-se com o protagonista de um dos seus livros, um detetive que investiga o assassinato de uma prostituta em Los Angeles nos anos 50. É baseado na série da BBC com o mesmo nome.

Kiss Kiss Bang Bang (2005), Shane Black

Kiss Kiss Bang Bang é um policial de Shane Black  que mais tarde viria a realizar o terceiro e último filme da saga Homem de Ferro. Traz-nos Val Kilmer e Robert Downey Jr. num argumento incutido de humor negro. A personagem de RDJ é um ladrão que se faz passar por ator na cidade de Los Angeles, e vê-se envolvido numa investigação de um homicídio ao lado do detetive que o está a treinar para o papel (Val Kilmer). De acordo com Robert Downey Jr., foi a sua performance neste filme que captou o olho de Jon Favreau e lhe valeu o papel de Homem de Ferro no universo cinematográfico da Marvel.

Zodiac (2007), David Fincher

Durante a década de 60, um assassino misterioso comete uma série de crimes e liga à polícia cada vez que mata. Mais tarde, começa a enviar cartas com enigmas para as redações de vários jornais, intitulando-se de Zodiac. O jornalista Paul Avery (Robert Downey Jr.) fica obcecado com a investigação, mas aos poucos vai percebendo o interesse pouco normal de outras pessoas pelo caso. Ao lado de RDJ, o filme também conta com Jake Gyllenhaal e Mark Ruffalo. Realizado por David Fincher, é baseado na história real da investigação do assassino em série Zodiac, que aterrorizou o norte da Califórnia nos anos 60, sem nunca ter sido apanhado.

Charlie Bartlett (2007), Jon Poll

Charlie Bartlett (Anton Yelchin) é um adolescente introvertido. Recém-chegado ao seu novo liceu, Charlie precisa de novos amigos e nomeia-se a si mesmo como o psiquiatra da escola. Na sua nova “posição”, torna-se rapidamente um dos rapazes mais populares da escola através dos conselhos e medicação que providencia aos seus colegas. Robert Downey Jr. tem um papel secundário (mas importante) como o diretor da escola, Nathan Gardner, uma ex-professor de história envolvido numa luta contra o seu alcoolismo.

Tropic Thunder (2008), Ben Stiller

Tugg Speedman (Ben Stiller), Kirk Lazarus (Jack Black) e Jeff Portnoy (Robert Downey Jr.) são estrelas de Hollywood que aceitaram participar num filme de guerra. A equipa desloca-se ao Vietname para realizar as filmagens mas logo percebem que estão, de facto, no meio de uma guerra e vêem-se obrigados a deixar de lado a representação e lutar como autênticos soldados. O filme rendeu uma nomeação para o Óscar de Melhor Ator Secundário a Robert Downey Jr..

Sherlock Holmes (2009), Guy Ritchie

Robert Downey Jr. e Jude Law são Sherlock Holmes e Dr. John Watson na adaptação de Guy Ritchie da obra de Arthur Conan Doyle. O excêntrico Holmes e o seu comparsa vêem-se envolvidos numa investigação para impedir que um vilão consiga efetuar a destruição de Inglaterra. A sua interpretação do famoso detetive valeu o Globo de Ouro a RDJ, sendo que o filme recebeu ainda duas nomeações para os Óscares.

Sherlock Holmes: A Game of Shadows (2011), Guy Ritchie

Guy Ritchie regressa para realizar a sequela do filme de 2009, e traz consigo de volta Robert Downey Jr. e Jude Law como o excêntrico Sherlock Holmes e seu colega, Dr. John Watson. Nesta sequela, vemos a inclusão do clássico vilão da obra de Arthur Conan Doyle, James Moriarty (Jared Harris). Com um equivalente intelectual ao de Holmes, a falta de consciência de Moriarty pode conferir-lhe uma vantagem face ao astuto detetive na realização do seu plano maléfico.

The Judge (2014), David Dobkin

Hank Palmer (Robert Downey Jr.), um advogado bem-sucedido e arrogante, está de volta à sua pequena cidade natal para o velório da mãe. Apesar de ser mal recebido pela família, decide ficar mais tempo na cidade ao descobrir que o pai, o respeitado juiz local Joseph Palmer (Robert Duvall), está a ser acusado de ter assassinado um antigo réu, que condenou há 20 anos. Apesar de toda a frieza que há entre eles, Hank assume o caso e passa a defender o pai. Contudo, os dois não conseguem relacionar-se amigavelmente e a possibilidade de condenação aumenta a cada revelação.

Sugestões de Ana Silva, Catarina Vieira da Silva e Miguel Rocha.
Mais Artigos
Vans lança coleção inspirada em The Simpsons
‘Simpsons’: Vans lança coleção especial em homenagem à série