Avengers_Black_Widow

Estreia de ‘Black Widow’ foi adiada mas vai acontecer nos cinemas

Black Widow, o mais recente projeto da Marvel Studios, é um dos muitos filmes afetados por um lançamento atrasado devido à pandemia de COVID-19. No entanto, e ao contrário de inúmeros outros, o plano para o filme é que estreie nos cinemas de todo o mundo.

Após a MGM e a Paramount anunciarem, respetivamente, que o mais recente filme na saga do 007, No Time To Die, seria adiado para novembro, e que a estreia de A Quiet Place Part II seria suspensa indefinidamente, também a Disney tomou medidas semelhantes quanto à distribuição das suas mais recentes produções.

No entanto, e após a produtora adiar indefinidamente os lançamentos de Mulan e The New Mutants e de lançar digitalmente Onward, da Pixar, mais cedo do que seria esperado, uma fonte da Disney revelou ao site ComicBookMovie que, de momento, e apesar de ainda não ter data confirmada, a estreia de Black Widow acontecerá nos cinemas e não em serviços de streaming como a Disney+, que, até à data, ainda não se encontra disponível em vários países, incluindo Portugal.

Black Widow é o 24.º filme integrado no universo cinematográfico da Marvel. Conta com Scarlett Johansson – que mais uma vez interpreta Natasha Romanoff –, David Harbour e Florence Pugh, e a realização está a cargo de Cate Shortland.

Desta vez, e como o filme serve como prequela aos últimos dois Avengers, Natasha será confrontada pelo seu passado sombrio quando surge uma perigosa conspiração ligada a ela. A personagem deverá lidar com sua história como espia e com as relações interrompidas que deixou para trás muito antes de se tornar uma Vingadora. O filme iria estrear a 1 de maio, mas a COVID-19 adiou esses planos.

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Mais Artigos
América: o racismo estrutural
América: a segregação racial mascarada pela liberdade