Quer o Destino TVI
Fotografia: TVI / Divulgação

‘Quer O Destino’ lidera audiências em episódio especial

A ficção da TVI voltou ao primeiro lugar das audiências no principal horário do dia. Quer O Destino teve episódio especial sem a concorrência de Nazaré e foi líder do início ao fim, mostram os dados da GfK/CAEM.

A nova novela conquistou 12,4% de audiência média e 22,2% de share, com um pico de 14,2% às 21h52, logo no início do episódio. Este foi o melhor minuto do dia para a estação de Queluz. A produção protagonizada por Sara Barradas derrotou assim um compacto de Árvore dos Desejos, que marcou 10,3% de audiência média e 18,5% de share.

Quer O Destino, adaptada do original chileno Amanda, ainda não baixou dos 10,4% de audiência média desde que estreou e tem feito um percurso mais forte do que as antecessoras Na Corda Bamba e Amar Depois do Amar, também favorecida pelo elevado consumo televisivo, potenciado pelo distanciamento social adotado pela maioria dos cidadãos portugueses.

O Mental Samurai, transmitido às 23h, foi também líder, com 8% de audiência média e 18,9% de share, contra 7,5% / 16,1% da telenovela brasileira A Dona do Pedaço, já em episódios finais.

A liderança da telenovela portuguesa não conseguiu, no entanto, ajudar muito a TVI nas contas diárias. Fechou o sábado com 13,2% de share, contra 17% da SIC. A RTP1 baixou aos 10,9% de quota de mercado.

Outros destaques

  • O Alta Definição com Bento Rodrigues conquistou 11,4% de audiência média e 25,7% de share, mesmo sendo uma emissão já exibida.
  • A informação da SIC ocupou os dois primeiros lugares do top diário, com o Jornal da Noite (15,7% / 25,4%) e o Primeiro Jornal (12,4% / 25,8%) a cilindrarem os concorrentes. Foi o noticiário noturno que impediu que a TVI roubasse a liderança à estação de Paço de Arcos no horário nobre.
  • A reposição de Aqui Mandam As Crianças! nas manhãs de sábado da RTP1 tem se revelado mal-sucedida: 2,4% de audiência média e 6,9% de share, foi quanto marcou o programa apresentado por Catarina Furtado. A escolha do canal público, para ter mais apostas direcionadas ao público infantil, é especialmente fracassada neste segmento: entre os espectadores com 4 a 14 anos, a quota de mercado é de 2,2%.
  • Baywatch: Marés Vivas, filme transmitido pela TVI, foi líder e marcou o melhor resultado do ano para a rubrica Matiné de Sábado II, emitida apenas quatro vezes em 2020. Marcou 5,9% de audiência média e 13,3% de share.
  • Os Batanetes regressaram, 15 anos depois, com 5,3% de audiência média e 9,6% de share. Foram quase 500 mil espectadores a rever a família do Samouco.
  • Os informativos do meio-dia da SIC Notícias (3,4% / 9%) e RTP3 (3% / 7,3%) registaram os melhores resultados do ano, com o canal de informação da Impresa a chegar ao terceiro lugar no horário.

 

 

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Mais Artigos
Manifestações
EUA. Imprensa acusa autoridades de ataques contra jornalistas