muito barulho por nada
Fonte: VisualHunt

Dia Mundial do Teatro: vai ao teatro sem sair de casa e sem pagar bilhete

Sabe o que podes ver em casa para celebrar esta data especial

O Dia Mundial do Teatro celebra-se a 27 de março. Este ano, devido à pandemia e ao estado de emergência declarado no país, as salas estão fechadas mas as companhias não podiam deixar de comemorar. Por isso, viraram-se para o digital. O Espalha-Factos apresenta-te alguns dos eventos que não vais querer perder para celebrar a arte teatral e passares o tempo diretamente do teu sofá.

O teatro chega à televisão

Para celebrar este dia especial, a RTP1 reservou uma programação especial com a transmissão, em horário nobre, de Olga Drummond  e As Árvores Morrem de Pé. O primeiro trata-se da estreia de Diogo Infante como autor e realizador de cinema, e será transmitido às 21h45. O filme é sobre a chegada à Casa dos Atores de Olga Drummond, a maior atriz portuguesa de sempre, a comoção que a sua vinda causa, e o poder da paixão pelo palco. A curta-metragem é uma homenagem aos atores nacionais, com um elenco de luxo: Eunice Muñoz, Ruy de Carvalho, Isabel Abreu, Lourdes Norberto, Manuela Maria, Rita Salema e Patrícia Tavares.

Mais tarde, às 23h, será transmitida a peça As Árvores Morrem de Pé, uma recriação de Filipe La Féria do original de Alejandro Casona. O elenco conta com Eunice Muñoz, Ruy de Carvalho, Manuela Maria e Maria João Abreu, entre outros, e a história passa-se numa organização dedicada a tornar os dias das pessoas mais felizes. Um senhor idoso engana a esposa escrevendo cartas falsas e criando uma imagem idílica e falsa do neto que é, na verdade, um delinquente. Um dia, o neto anuncia a sua visita eminente aos avós – mas no caminho, o seu barco naufraga, levando consigo todos os passageiros. Agora o avô quer poupar a avó do desgosto e contratar um casal para manter a ilusão.

Dos palcos para o digital

Não é só na televisão que vais poder assistir a peças de teatro gratuitamente. Muitas companhias e teatros estão a disponibilizar conteúdo online desde o encerramento dos seus espaços devido ao novo coronavírus, mas no Dia Mundial do Teatro há programação especial para todos os públicos.

O Teatro S. Luiz disponibiliza online, a partir da meia-noite, e durante as seguintes 24h, sete espetáculos do seu arquivo: Júlia, estreado em 2017, As Ondas, criado por Sara Carinhas a partir de Virginia Woolf e estreado em 2015, O dia do Juízo, estreado em 2019, A Voz Humana, estreado em 2016 e reposto em 2019, e Professar, estreado em janeiro deste ano. Para os mais novos, Oceano, de Ainhoa Vidal, e O Convidador de Pirilampos, de António Jorge Gonçalves.

“As Ondas”, de Sara Carinhas a partir da obra de Virgina Woolf. Imagem: Susana Paiva / Divulgação Teatro S. Luiz

O Teatro D. Maria II também celebra esta efeméride com uma programação especial na sua Sala Online no Vimeo. O dia começa com A Origem das Espécies para os mais novos, às 11h, estreado em 2016, e termina com a estreia online de Sopro, de Tiago Rodrigues, estreada em 2017, às 21h. Para além disto, as celebrações ocorrem também na página de Instagram do Teatro Nacional D. Maria II onde, às 14h, acontece a Maratona Clube dos Poetas Vivos, com 38 personalidades a darem vida a vários poetas, entre elas a autora Joana Bértholo e Sara Tavares. Às 17h podes assistir ao vivo à emissão do podcast TEATRA, onde Mariana Oliveira conversa com Albano Jerónimo, Elmano Sancho, Hélder Gonçalves e Manuela Azevedo, Inês Barahona e Miguel Fragata, Isabel Abreu, Manuel Coelho, Mariana Monteiro, Pedro Moldão e Tiago Rodrigues. Este pode ser ouvido no YouTubeSpotify, e Soundcloud.

O Teatro Politeama recorre também ao digital para fazer chegar a sua arte ao público mesmo em tempos difíceis. Ao longo das semanas, de sábado a sexta, será possível assistir diariamente a um musical de Filipe La Féria na página de Facebook do Politeama, sempre às 21h30. Esta sexta-feira (27) ainda é possível ver o musical My Fair Lady – Minha Linda Senhora, protagonizado por Anabela e Carlos Quintas. Depois deste, virá Maldita Cocaína até dia 3 de abril, seguido de Música no coraçãoJesus Cristo SuperstarA evolução de um grande musical: Severa, A Canção de Lisboa, e Judy Garland: o fim do arco-íris, por esta ordem, até 8 de maio.

“Sopro”, de Tiago Rodrigues (2017). Imagem: Christophe Raynaud de Lage / Divulgação Teatro Nacional D. Maria II

Também o Teatro Aberto tem transmitido, desde o passado dia 18, algumas das suas peças para veres em casa através do site do teatro.

Lê também: Há teatro português para ver em streaming a partir de casa

Mesmo em tempos de quarentena, as celebrações não se ficam por aqui

Na Antena 2, a companhia Artistas Unidos celebra o Dia Mundial do Teatro e inicia as comemorações do centenário de Bernardo Santareno com a leitura de Restos, um dos seus últimos textos, no programa Teatro sem fios, às 19h.

A Companhia de Teatro de Almada assinala a data com a transmissão online em streaming de várias das suas peças, e a companhia Teatro Nacional 21 comemora com a leitura de textos dramáticos de autores como Gil Vicente e Harold Pinter nas suas páginas oficiais. Serão 21 os autores que farão as leituras, incluindo Rita Blanco, Bruno Nogueira, Albano Jerónimo, Luísa Cruz, Virgílio Castelo, Custódia Gallego e João Reis. Para encerrar as celebrações, vai ser apresentado no NETeatro, pelas 21h, também em live streaming, o texto Veneno, de Cláudia Lucas Chéu, adaptado às circunstâncias e lido por Albano Jerónimo a partir da sua própria sala de jantar em direto para as plataformas”.

Albano Jerónimo

O Teatro Experimental de Cascais (TEC) disponibiliza também, nesta data, espetáculos seus como o Auto da Índia, de Gil Vicente. Esta produção, encenada por Carlos Avilez e cenografia a cargo de Júlio Resende, pode ser vista esta sexta-feira, entre as 21h30 e as 23h, na página oficial do teatro no Youtube. Para além desta, o TEC tem já programada a transmissão de oito peças até dia 18 de maio, todas as segundas-feiras, incluindo O Comboio da Madrugada de Tennessee Williams, e As You Like it eMacBeth de William Shakespeare.

Oferta não falta neste Dia Mundial do Teatro, que este ano, devido às circunstâncias relacionadas com o surto de Covid-19, é diferente porque se assinala exclusivamente online. Aproveita e desfruta de teatro no conforto da tua casa, gratuitamente, e celebra esta arte única.

Lê também: Dia do Livro Português. 10 livros que um entusiasta da literatura portuguesa deve ler
Mais Artigos
Femicídio Beatriz Lebre
Beatriz Lebre. A cobertura do caso romantiza a violência e é cúmplice da misoginia