Sindicato Internacional do Cinema

Sindicato Internacional dos Cinemas pede ajuda a governos

O Sindicato Internacional dos Cinemas, UNIC, quer que os governos nacionais ajudem as salas de cinema que  foram obrigadas a fechar devido à propagação da pandemia Covid-19. Este pedido foi feito pelos representantes europeus de troca cinematográfica e exibições de grande escala, sendo que até agora os cinemas europeus foram os maiores afetados pela crise pandémica.

Pedimos a todos os governos nacionais que façam tudo que possam durante estas semanas e meses para ter a certeza que os cinemas europeus possam sobreviver e vencer os gigantescos desafios que vêm a enfrentar“, afirmou o sindicato. Conforme a mensagem, completaram por relembrar que querem manter manter a Europa como a “casa vibrante” de cultura e comunidade.

Os pedidos de ajuda estão a ser feitos por várias distribuidoras e produtoras, que pedem apoios também para outros serviços relacionados com o setor. A propagação do vírus não só encerrou cinemas como obrigou a paragens na indústria de cinema e televisão em todo o continente.

Criadores “numa posição frágil

CISAC, uma organização que representa mais de quatro milhões de escritores, músicos e entre outros, apelou aos governos para ajudarem numa “escala global“. “Os criadores estão numa posição unicamente frágil. A grande parte deles são autónomos e dependem de royalties pago pelos autores da associação. (…) Hoje, e nas próximas semanas e meses, criadores serão aqueles que mais vão sofrer com esta crise“, concluiu a organização.

Há vários governos nacionais que já estão a agir com o intuito de reduzir as perdas que o setor do entretenimento está a sentir por causa do novo coronavírus. Vários países europeus, como a Alemanha e a França, têm feito empréstimos às empresas da área e suspendido o pagamento de impostos por parte dos cinemas.

A associação de cinema alemã HDF pediu a implementação de um programa governamental que invista mais de 17 milhões de euros num fundo de emergência para apoiar cinemas pequenos localizados em zonas rurais. Também em território alemão, os governos regionais em Reno e Berlim já começaram também a ajudar financeiramente cinemas independentes e arthouses.

Mais Artigos
Chris Hemsworth em Tyler Rake
Já há trailer de Tyler Rake: Operação de Regaste, novo filme de ação da Netflix