Elisa
Fotografia: Pedro Pina / RTP

Eurovisão 2020. As 41 canções que iriam concorrer em Roterdão

Devido aos constrangimentos à organização decorrentes do surto de COVID-19, o Festival Eurovisão da Canção 2020 foi cancelado pela União Europeia de Radiodifusão (EBU). Eram 41 os países que iriam competir pelo troféu na 65.ª edição do certame, que este ano aconteceria em Roterdão, nos Países Baixos.

Depois da vitória de Duncan Laurence com ‘Arcade’ em Telavive, a o festival rumava aos Países Baixos pela quarta vez desde que o país participa no concurso, sucedendo Israel na sua organização.

Este ano, eram 41 os países a concurso, número que iguala o ano passado. Nesta edição, regressavam dois países que na edição anterior decidiram não participar: a Bulgária e a Ucrânia. De fora ficaram HungriaMontenegro, que em 2020 se afastam da competição.

Elisa seria a representante portuguesa, com o tema ‘Medo de Sentir’. A atuação de Portugal estava escalada para acontecer na segunda semifinal, inicialmente marcada para 14 de maio. A EBU ainda está a discutir o futuro do festival e as questões relacionadas aos representantes de cada país.

Espalha-Factos dá-te a conhecer as 41 canções escolhidas por cada um dos países a concurso, por ordem alfabética.

Albânia

Arilena Ara, ‘Fall From The Sky’

Alemanha

Ben Dolic, ‘Violent Thing’

Arménia

Athena Manoukian, ‘Chains On You’

Austrália

Montaigne, ‘Don’t Break Me’

Áustria

Vincent Bueno, ‘Alive’

Azerbaijão

Efendi, ‘Cleopatra’

Bélgica

Hooverphonic, ‘Release Me’

Bielorrússia

VAL, ‘Da Vidna’

Bulgária

VICTORIA, ‘Tears Getting Sober’

Chipre

Sandro, ‘Running’

Croácia

Damir Kedžo, ‘Divlji Vjetre’

Dinamarca

Ben & Tan, ‘YES’

Eslovénia

Ana Soklič, ‘Voda’

Espanha

Blas Cantó, ‘Universo’

Estónia

Uku Suviste, ‘What Love Is’

Finlândia

Aksel, ‘Looking Back’

França

Tom Leeb, ‘The Best In Me’

Geórgia

Tornike Kipiani, ‘Take Me As I Am’

Grécia

Stefania, ‘SUPERG!RL’

Irlanda

Lesley Roy, ‘Story Of My Life’

Islândia

Daði og Gagnamagnið, ‘Think About Things’

Israel

Eden Alene, ‘Feker Libi’

Itália

Diodato, ‘Fai Rumore’

Letónia

Samanta Tīna, ‘Still Breathing’

Lituânia

The Roop, ‘On Fire’

Malta

Destiny, ‘All Of My Love’

Moldávia

Natalia Gordienko, ‘Prison’

Noruega

Ulrikke, ‘Attention’

Países Baixos

Jeangu Macrooy, ‘Grow’

Polónia

Alicja, ‘Empires’

Portugal

Elisa, ‘Medo de Sentir’

Reino Unido

James Newman, ‘My Last Breath’

República Checa

Benny Cristo, ‘Kemama’

Roménia

ROXEN, ‘Alcohol You’

Rússia

Little Big, ‘Uno’

São Marino

Senhit, ‘Freaky!’

Sérvia

Hurricane, ‘Hasta La Vista’

Suécia

The Mamas, ‘Move’

Suíca

Gjon’s Tears, ‘Répondez-moi’

Ucrânia

Go_A, ‘Solovey’

O Festival Eurovisão da Canção 2020 decorreria a 12, 14 e 16 de maio em Roterdão, nos Países Baixos. O certame tem regresso assegurado para 2021.

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Mais Artigos
Sara Sampaio em Carga
‘Carga’: Há mais um filme português na HBO