Nazaré - SIC
SIC

Audiências. ‘Nazaré’ volta a ser o programa mais visto da televisão

Nazaré, a novela de Carolina Loureiro, regressou ao pódio das audiências, depois de ter perdido o lugar para o Jornal da Noite, no dia em que António Costa deu uma entrevista recordista a Rodrigues Guedes de Carvalho sobre a Covid-19.

O consumo televisivo tem estado elevado, com vários portugueses a permanecerem em casa e a manterem as restrições sociais aconselhadas pela Direção Geral da Saúde. Assim, ontem foi a vez da novela da SIC voltar ao lugar a que já está habituada. A história escrita por Sandra Santos foi o programa mais visto do dia e conquistou a preferência de um milhão e 487 mil telespectadores, resultando em 15,7% de rating e 27,8% de share.

No mesmo momento, o Jornal das 8, cuja duração se estendeu até depois das 22h30, registava valores de quota de mercado na ordem dos 14,3%. Já a RTP1, com o seu Joker, ficava próxima com 14,0%.

Nos totais diários, a estação de Paço de Arcos levou a melhor e conquistou 19,8% de quota de mercado. Em segundo lugar surge a RTP1 com 13,4% e só depois a TVI, que, com uma programação dedicada à Covid-19, não convenceu e caiu para um dos piores valores dos últimos tempos: 11,3%.

Noticiários juntam 4 milhões de portugueses

‘Jornal da Noite’, na SIC, reune a preferência dos portugueses.

A pandemia do Coronavírus chegou a Portugal no dia 2 de março de 2020, mas desde então o estado de alerta do povo português tem sido reforçado de dia para dia. Existem, neste momento, 642 casos confirmados no país, o que tem sido o foco da informação portuguesa.

Na noite de terça (17), os noticiários das 20h reuniram mais de 4 milhões de portugueses, que acompanharam as notícias por diferentes canais, na SIC, na TVI, na RTP1, na SIC Notícias, na TVI 24 e na CMTV. Os seis canais juntos reuniram 70,7% de share.

O Jornal da Noite, na SIC, ficou marcado pela preferência dos portugueses, ao ser o segundo programa mais visto do dia. O noticiário da estação de Paço de Arcos conseguiu um milhão e 461 mil telespectadores, resultando em 25,5% de quota de mercado. No momento mais visto, Rodrigues Guedes de Carvalho aproximou-se novamente dos dois milhões de portugueses, alcançando 18,6% de rating e 30,4% de share.

Já no canal público, o Telejornal conseguiu o melhor resultado do ano e figurou entre os quatro programas mais vistos do dia. O mais antigo programa da televisão portuguesa conseguiu um milhão e 226 mil telespectadores, o que se refletiu em 13,0% de audiência média e 21,2% de share. O Primeiro Canal dedicou ainda tempo a um especial sobre a Covid-19, logo após o Telejornal, que manteve as boas audiências. O informativo registou 10,4% de rating e 17,4% de share.

TVI
A TVI dedicou mais de oito horas a Informação durante todo o dia.

Na TVI, o cenário não foi tão favorável. O informativo da Quatro esteve sempre em terceiro lugar e perdeu, inclusive, para o programa de Vasco Palmeirim. José Alberto Carvalho agarrou 796 mil telespectadores, refletindo-se em 8,4% e 14,3%. Já Joker, fechou as contas com 8,2% e 14,2%.

Na hora de almoço, a SIC manteve-se a preferência dos portugueses e Bento Rodrigues aproximou-se do milhão de espectadores. Com 10,3% e 25,5%, o informativo de Paço de Arcos foi o mais visto e ficou muito distante da concorrência, apesar de o noticiário da tarde da RTP1 também ter registado o seu melhor valor em 2020: 8,2% / 19,6%. Já na TVI, João Póvoa Marinheiro não foi além dos 6,2% e 14,9%.

Outros destaques:

Terra Brava
‘Terra Brava’ teve o melhor resultado do ano.
  • Devido ao alto consumo que atravessa neste momento toda a televisão portuguesa, a segunda aposta de ficção nacional da SIC registou o seu melhor resultado em 2020. A novela que coloca Mariana Monteiro no papel principal registou 13,7% de audiência média e 29,7% de share. O episódio foi o programa com a maior quota de mercado do dia.
  • O terceiro episódio de Amor de Mãe, a nova novela brasileira em exibição na SIC, marcou 6,7% de rating e 22,1% de share, liderando em toda a sua exibição de forma confortável. Onde Está Elisa?, no mesmo momento, ficou-se pelos 3,3% e 10,7%.
  • A Dona do Pedaço, na sua última semana, caiu para o pior resultado anual. A história de Maria da Paz fez 5,1% de audiência média e 22,5% de share. Ainda assim, a concorrência ficou a milhas.
  • Maria Madalena regressou à antena da TVI. A novela que já tinha sido exibida nas tardes não fez um valor muito diferente daqueles que registava às 14h. Com 3,3% e 7,8%, Maria Madalena caiu para terceiro e esteve muito próxima da CMTV e da SIC Notícias. Nos últimos minutos e durante o intervalo, o canal de televisão do Correio da Manhã conseguiu ter uma audiência maior. A liderança, sem espanto, coube à SIC. Amor à Vida registou 7,3% e 17,2%.
  • O Programa da Cristina fez o pior valor de sempre em share. Em modo repetição, Cristina Ferreira só fez 4,2% e 16,4%. Ainda assim, foi o formato líder nas manhãs, apesar da concorrência se ter aproximado. A Praça da Alegria marcou o melhor valor de 2020 – 3,7% e 12,9% – e subiu ao segundo lugar, deixando Você na TV! não muito longe com 3,5% e 12,1%. Ao final da manhã, Linha Aberta registou 7,0% e 18,8%.
Mais Artigos
Rick and Morty
‘Rick and Morty’ regressa em maio e já podes ver o trailer