Ricardo Araújo Pereira
Fotografia: Tiago Caramujo / SIC

Ricardo Araújo Pereira aproxima-se dos 1,8 milhões de espectadores

Isto é Gozar Com Quem Trabalha, de Ricardo Araújo Pereira, marcou a melhor audiência média e share da temporada este domingo (15), com uma marca de 1,77 milhões de espectadores por minuto.

Os números elevados foram registados no dia com maior audiência média do ano. O humorístico conquistou 18,7% de audiência média e 30,2% de share, sendo agora a transmissão não-desportiva com maior audiência em 2020 e o segundo programa mais visto do ano. O minuto com maior audiência do dia foi às 21h45, quando Isto É Gozar Com Quem Trabalha alcançou 20% de audiência média e 33,5% de share. Nesse minuto, quase 60% dos portugueses residentes no Continente estavam a ver televisão.

A SIC destaca que Ricardo Araújo Pereira “liderou, em termos absolutos, com 35,4% e 36,6% de share respetivamente” nos targets comerciais, ultrapassando o conjunto dos canais da televisão paga. Entre “os indivíduos do sexo feminino, as donas de casa, os indivíduos das classes A/B e C, com idades entre os 15 e os 34 anos e entre os 45 e os 74 anos e nas regiões do Norte, Centro e Sul”, o programa foi também líder isolado, superando todos os outros canais e ainda o somatório das emissões do Cabo.

Lê também: Quarentena no Sofá: O guia para a melhor programação da TV

O Jornal da Noite deste domingo foi o terceiro programa mais visto de 2020, alcançando uma média de 17,2% de audiência e 27,7% de share. O informativo do canal de Paço de Arcos tem sido sistematicamente o mais visto desde que se iniciou o período mais crítico no combate e prevenção ao novo coronavírus. O Jornal das 8 (12,1% / 19,5%) teve menos meio milhão de espectadores e o Telejornal (7,8% / 12,6%) ficou atrás por 900 mil.

Em terceiro lugar no top diário, e também a crescer, ficou o recém-estreado 24 Horas de Vida. O formato apresentado por Bárbara Guimarães marcou 13,2% de audiência média e 24,9% de share e manteve à distância os concorrentes Mental Samurai (8,3% / 16,5%) e Got Talent Portugal (7,7% / 14,9%).

A televisão portuguesa bateu um novo recorde de espectadores, com o pedido de isolamento feito pelas autoridades a aumentar o número de pessoas em frente ao ecrã. Ao longo do dia houve quase três milhões de espectadores com a televisão ligada, um número que subiu acima dos cinco milhões nos dois períodos com maior audiência do dia, o das 18h às 20h e o das 20h às 24h. Nas contas diárias, estiveram com o televisor ligado durante pelo menos um minuto, um total de 8 milhões e 481 mil espectadores.

Os Canais Cabo e Outros superaram a marca dos 55% de share, com a SIC a liderar na televisão aberta, com 17,3% de quota de mercado. A TVI chegou aos 14,9% e a RTP1 ficou-se pelos 10,4%.

Em comunicado, o canal da Impresa destaca que “nas manhãs (08h às 14h) existiram mais 734 mil indivíduos a ver televisão, na tarde (14h às 20h) existiram mais 1 milhão 174 mil indivíduos do que é habitual e em prime time (20h às 24h) o aumento foi de 423 mil indivíduos“.

Outros destaques

  • A maior parte das igrejas em Portugal não celebrou missa. A Eucaristia Dominical da RTP1 (5,4% / 17,6%) e da TVI (5,6% / 15,5%) bateram novos máximos de audiência.
  • A CMTV (6%) continua líder no Cabo, com os canais informativos ainda acima da média. A SIC Notícias (3,9%) ficou em segundo lugar na televisão por cabo, superando TVI24 (2,2%) e RTP3 (1,9%).
  • A antestreia de Amor de Mãe, na SIC, marcou 6,7% de audiência média e 16,3% de share. Na Corda Bamba, que começou mais tarde, fez 5,9% de audiência média e 15,7% de share.

 

Ricardo Araújo Pereira

Mais Artigos
Vagabond
‘Vagabond’ tem artistas e “muitos sítios em Portugal para dar a conhecer”