Maria Botelho Moniz
Instagram / Reprodução

Maria Botelho Moniz já falou sobre saída da SIC

Maria Botelho Moniz é a mais recente contratação da TVI. Deixa a SIC, canal que a viu crescer profissionalmente durante 12 anos. A apresentadora de 35 anos vai integrar a equipa da quinta edição do BB 2020, encabeçada por Cláudio Ramos e com estreia a 22 de março.

A confirmação desta mudança foi dada esta sexta-feira (6) e Maria Botelho Moniz já se pronunciou através de uma publicação no instagram.

“Depois de 12 anos de relação só tenho a agradecer tudo o que vivi com a família SIC. Foi me dada a oportunidade de aprender e crescer enquanto profissional e nunca me vou esquecer dos bonitos momentos que vivemos em conjunto”

Lê também: BB 2020 TEM NOVOS REFORÇOS NA APRESENTAÇÃO

Entre agradecimentos a apresentadora aproveitou para fazer um balanço da sua passagem pela SIC.

Entrei na SIC em 2008 pela porta da ficção, passei pelos canais temáticos e estive ao lado dos melhores na generalista. Deixo um agradecimento especial à família Pinto Balsemão por toda a confiança e profissionalismo com que sempre me trataram, ao Daniel Oliveira por todas as oportunidades, à Júlia Pinheiro pelo apoio incondicional e ao Pedro Boucherie Mendes pelo importante papel que desempenhou no início do meu percurso.

Maria Botelho Moniz dirigiu-se também aos colegas e mostrou-se preparada para iniciar a nova etapa.

“Obrigada a todos os colegas que se cruzaram comigo nos corredores desta casa que tanto admiro. Levo-vos a todos no coração. Estou agora pronta para abraçar o futuro e começar um novo ciclo na minha vida profissional.”

Segundo o que a TV 7 Dias apurou, a apresentadora estava a negociar com ambas as estações e chegou a rejeitar vários projetos na SIC, alegando tratar-se de “valores monetários”. A fonte com quem falaram avançou que a SIC propôs à apresentadora uma melhoria de condições e foi apanhada de surpresa ao descobrir que esta estaria a negociar projetos e valores com a TVI.

Mais Artigos
Sónia Araujo e Jorge Gabriel em Praça da Alegria
‘Praça da Alegria’ cresce com ‘Dia de Cristina’ e ‘Casa Feliz’ em mínimos