TVI Jornalistas
Fotografia: Montagem / Divulgação

Históricos da TVI saem do canal nas vésperas da entrada da Cofina

Paula Magalhães, João Maia Abreu e Constança Cunha e Sá estão fora da TVI, abandonando o canal a pouco tempo da entrada em pleno dos novos acionistas, a Cofina. Nessa altura, o canal de Queluz passará a fazer parte do mesmo grupo do Correio da Manhã e do Record.

A notícia, avançada em exclusivo pela TV7 Dias, dá conta ainda que Jorge Nuno Oliveira, outro histórico da estação privada, terá recusado o acordo de rescisão proposto pela atual gestão.

As propostas de rescisão feitas aos quatro nomes, sabe o Espalha-Factos, enquadram-se numa política “encomendada” pelo futuro acionista à atual administração e que pretende reduzir a carga salarial da redação.

Para conseguir isso, a equipa liderada por Luís Cabral deverá abrir portas a que os jornalistas mais antigos e mais bem remunerados possam sair com acordos de rescisão amigável. Não foram revelados, até ao momento, os valores das indemnizações pagas aos três jornalistas que já aceitaram interromper a ligação à Quatro.

As três saídas, que se oficializaram esta semana, juntam-se ao abandono de Judite Sousa, há alguns meses, também em situação semelhante. Paula Magalhães fez uma curta declaração sobre a saída através das redes sociais: “Vinte e sete anos. Termino hoje mais um ciclo. Deixo a TVI com a noção de que foram anos felizes e intensos. Balanço sempre positivo. Os Amigos são para sempre! Grata por terem estado comigo! Beijos”.

Mais Artigos
Capitã Marvel
Como gigantes como a Marvel afetam o entretenimento online