cinema_sala4cimam

Cinema em Portugal regista aumento de receitas e espectadores em 2020

O Instituto do Cinema e Audiovisual (ICA) divulgou na terça-feira (18), que, durante o primeiro mês de 2020, as salas de cinema portuguesas receberam mais 4,9% de espectadores, comparado com o mesmo período do ano passado.

De acordo com as estatísticas publicadas mensalmente no ICA, o ano de 2020 arrancou com 1,1 milhões de espectadores e cerca de 6 milhões de euros de receita bruta em bilheteira.

Estes dados representam um aumento de 2,9% em relação a 2019 e, destes 1,1 milhões de espectadores, 18376 escolheram ver cinema português, o que representa uma percentagem de 1,7% em todo o mercado.

O filme português mais visto neste período foi O filme do Bruno Aleixo, dirigidos por Pedro Santo e João Moreira, com cerca de 14 mil espectadores e 76800 euros de receita bruta de bilheteira.

Bruno Aleixo
‘O Filme do Bruno Aleixo’

Seguiu-se a coprodução portuguesa Frankie de Ira Sachs, nomeado para uma Palma de Ouro em 2019, e o drama Vitalina Varela, de Pedro Costa.

A estreia de O filme do Bruno Aleixo representa também a entrada oficial da distribuidora portuguesa Desforra Apache num mercado que continua a ser liderado pela NOS Lusomundo Audiovisuais.

Apesar de ser a distribuidora líder do mercado, a NOS Lusomundo Audiovisuais sofreu uma quebra de 30% em espectadores e 28% nas receitas de bilheteira deste ano, com um total de 511 mil bilhetes vendidos e 2,8 milhões de euros faturados.

Quanto ao cinema estrangeiro, foi 1917, a obra de Sam Mendes vencedora de três Óscares, a liderar a tabela dos filmes mais vistos com 246528 espetadores em mais de 6 mil sessões.

LÊ TAMBÉM: PRÉMIOS SOPHIA 2020: FICA A CONHECER TODOS OS NOMEADOS

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Mais Artigos
António Costa O Programa da Cristina
António Costa volta ao Programa da Cristina