O especial Amor Sem Fim do programa Alexandra Borges chegou ao fim esta quinta (6) e cumpriu a tendência de subida constante desde que estreou, na segunda. Terminou num máximo superior a um milhão e cem mil espectadores.

O último episódio marcou 11,7% de audiência média e 22% de share, sendo mesmo o programa mais visto do dia no target dos espectadores jovens, com 15 a 24 anos, no qual chegou a um share de 27,2%.

Lê também: Exclusivo. TVI contente com saída de Alexandra Lencastre: “É um poço de problemas”

No top diário, Amor Sem Fim foi o terceiro programa mais visto, apenas atrás de Nazaré (14,4% / 28%) e do Jornal da Noite (12,2% / 23,8%), que não se ressentiu da subida do programa da concorrência. O programa Linha da Frente, da RTP1, acabou por ser o mais afetado pelo ressurgimento da TVI no horário, perdendo 150 mil espectadores face à semana passada – marcou 7,1% de audiência média e 13,5% de share.

O bom resultado do programa de informação do canal de Queluz ajudou a que garantisse, por uma vantagem de cinco décimas, o segundo lugar no dia: 14,7% de share contra 14,2% da RTP1, que foi terceira. A SIC marcou 22%.

Outros destaques do dia

  • O 5 para a meia-noite recebeu Maria Cerqueira Gomes mas, mesmo assim, teve a audiência média mais baixa da temporada: 2,8%, com um share de 9%.
  • Júlia (4,4% / 21,9%) marcou o melhor share deste ano e abriu bem para Amor à Vida (6,8% / 20,5%), que fez o mesmo. A Tarde É Sua (3,2% / 13,6%) não se aproximou.
  • A série italiana Irmãs, em exibição nas manhãs da RTP2, teve 0,0% de audiência média e 0,3% de share. A aposta da estação pública na emissão de séries estrangeiras às 11h continua a revelar-se frustrada.