Alexandra Borges, com a minissérie documental Amor Sem Fim, voltou a dar à TVI resultados acima do milhão de espectadores no horário nobre dos dias úteis, algo que nos últimos meses só tem acontecido com partidas de futebol.

O informativo foi o quarto programa mais visto do dia esta quarta (5) e manteve uma tendência de crescimento constante desde a estreia, na segunda-feira. Registou 11,1% de audiência média e 21,1% de share, tendo mesmo liderado as audiências durante 10 minutos da emissão.

Esta reportagem em quatro episódios, da autoria do jornalista Emanuel Monteiro, chegou ao fim esta quinta-feira (6) e relatou a história de Hugo e Ângela, a mulher lutou contra o tempo para tentar engravidar do marido que morreu de cancro.

Alexandra Borges competiu com a parte final do Jornal da Noite (11,9% / 23,2%) da SIC, tendo apenas liderado quando a estação privada foi para intervalo comercial. As rubricas Casos de Polícia (12,6% de audiência média) e Contas Poupança (13,3% de audiência) mantiveram sempre alguma vantagem face à TVI. Na RTP1 era emitido Mesa Portuguesa (6,3% / 12,1%).

A TVI ficou em segundo lugar do dia com 14,8% de share, a sete pontos de distância da líder SIC, que marcou 21,6%. A RTP1 marcou 13,6% de quota de mercado.

Outros destaques

  • O Telejornal (10,3% / 20,4%) ultrapassou a marca dos 10% de audiência média pela primeira vez esta semana.
  • Mais de 200 mil espectadores separaram O Preço Certo (10,2% / 23,7%) e Amigos Improváveis (7,9% / 18%) no acesso ao prime-time. Ver p’ra Crer (6,2% / 14,3%) manteve o terceiro lugar.
  • A repetição de First Dates depois da meia-noite registou ontem o melhor resultado desde que estreou: 1,7% de audiência média e 11,4% de share.
  • Estreou com bons resultados a minissérie Três Meninas, na RTP2: 1,4% de audiência média e 3,1% de share, ligeiramente acima das duas últimas produções no horário nobre do canal público.