Cristina Ferreira / O Programa da Cristina

‘O Programa da Cristina’ marca mínimo e perde terreno em dia de greve

O Programa da Cristina ficou com o share mais baixo de janeiro no último programa do mês, mas isso não se deveu à subida dos concorrentes diretos, Praça da Alegria e Você na TV!, que também desceram. A greve da função pública trouxe mais consumo televisivo às manhãs e a SIC perdeu espaço para os Canais Cabo esta sexta (31).

No período entre as 10h e as 13h, a estação de Paço de Arcos marcou 23,9% de share, contra 36,2% do conjunto de canais da televisão paga. A semana passada, sem a greve, o placard foi de 30,7% para a SIC e apenas 29,6% para os Canais Cabo.

O Programa da Cristina, que entrou no ar às 10h15, marcou 4,4% de audiência média e 24,7% de share, enquanto Praça da Alegria (2,2% / 12,1%) e Você na TV! (2,1% / 11,5%) também desceram em relação à média do mês. No caso do programa de Goucha e Maria, o share também foi o mais baixo de janeiro.

Nos totais diários, e com o crescimento do Cabo nos totais diários, a SIC desceu dos 20%, para 19,6% de quota de mercado, à frente da RTP1 com 13,7% e da TVI com 12,9%.

O conjunto de canais emitidos na televisão paga conquistou 38,4% de quota de mercado, subindo quase três pontos percentuais (p.p.) face ao mesmo dia da semana passada. Os Outros (visionamento em diferido, uso de apps na televisão, etc.) conquistaram 12%, 0,8 p.p. a mais que na última sexta.

Outros destaques

  • Governo Sombra registou o menor número de espectadores desde que estreou na SIC generalista.
  • O Jornal 2 (1,1% / 2,2%) marcou o melhor resultado deste ano, ultrapassando Gigantes (1% / 2,3%) como o programa mais visto da RTP2 esta sexta (31).
  • Nazaré (12,9% / 26,4%) marcou a pior audiência de 2020, mas a concorrente Na Corda Bamba (6,9% / 15,6%), que teve um episódio de 80 minutos, também. Terra Brava (11,4% / 26,8%) e Prisioneira (4,9% / 17,7%) perderam audiência, mas não tanta. A Dona do Pedaço (5,5% / 20,3%) teve emissão prolongada até às 00h40.

Auga Seca

  • Auga Seca (2% / 5%) marcou o pior resultado desde que estreou, há duas semanas, na RTP1.
  • Amigos Improváveis (7,6% / 17,5%) arrancou mais cedo que O Preço Certo (10,5% / 23,9%) mas nem assim conseguiu ganhar vantagem face ao concurso da RTP1. Ver p’ra Crer (5,4% / 12,1%) não dá sinais de recuperação.
  • O Diário da Manhã (0,7% / 8%) marcou o pior share do ano. No pior minuto, às 09h27, o informativo não ia além de 0,3% de audiência média e 2,7% de share. No mesmo horário, a liderança foi do Bom Dia Portugal (1,6% / 21,7%). A Edição da Manhã (0,5% / 9,3%) da SIC também continua distante do primeiro lugar.

 

 

 

 

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Mais Artigos
ONU. 75 anos a lutar pelos direitos e liberdades no jornalismo