Mais Respeito que sou tua Mãe! volta aos palcos portugueses, com Joaquim Monchique no principal papel. A peça estreia no Porto a partir de 31 de janeiro, e volta a Lisboa a partir de 5 de março.

Joaquim Monchique está de volta ao papel principal como matriarca da família em Mais Respeito que sou tua Mãe!, uma hilariante comédia cuja adaptação e encenação são também da responsabilidade de Monchique, que traz para o contexto português a peça argentina.

Joaquim Monchique em Mais Respeito que Sou tua Mãe

Fotografia: Divulgação – Força de Produção

Originalmente um blog, Mais Respeito que sou tua Mãe! é uma criação original de Hernán Casciari, posteriormente adaptada ao teatro. Esmeralda Bartolomeu – a versão portuguesa da argentina Mirta Bertotti – é interpretada por Monchique, uma mãe e dona-de-casa da Baixa da Banheira que está à beira de um ataque de nervos tentando lidar com um marido desempregado, um sogro do pior, e três filhos que só lhe dão dores de cabeça.

Joaquim Monchique não só protagoniza, adapta e encena esta peça, como também divide os créditos pela cenografia da peça com Rui Filipe Lopes. O desenho de luz é de Luís Duarte, e Ana Brito e Cunha ajuda à produção. Em palco, Monchique é acompanhado por Luís Mascarenhas, Joel Branco, Tiago Aldeia, Rita Tristão da Silva, Rui Andrade, Diogo Mesquita, Bruna Andrade e Leonor Biscaia.

Mais Respeito que sou tua Mãe!

Fotografia: Divulgação – Força de Produção

Lê também: ‘QUEM QUER SER MILIONÁRIO?’ VAI VOLTAR À RTP1

Já visto por mais 120 mil pessoas em Portugal, o espetáculo estreou nos palcos nacionais em março de 2017, no Auditório dos Oceanos do Casino de Lisboa. Mudou-se para a casa que agora os torna a receber em Lisboa, o Teatro Villaret, e seguiu numa tour por todo o país, incluindo a Madeira, onde em 2018 fez a sua última apresentação, até agora.

Mais Respeito que sou tua mãe

Fotografia: Divulgação – Força de Produção

Em 2020, é no Porto que a comédia se volta a estrear –estará em cena no Teatro Sá da Bandeira de dia 31 de janeiro a dia 23 de fevereiro, sextas e sábados às 21h30 e domingos às 16h. A produção ruma depois a Lisboa, onde se apresenta no Teatro Villaret a partir de 5 de março, quintas a sábados às 21h30 e domingos às 17h.

Os bilhetes para ambas as apresentações estão já à venda nos locais habituais.