Em entrevista a Cristina Ferreira, esta quinta (9) na SIC, a cantora Raquel Tavares revelou que não vai continuar a cantar. Toma a decisão de um ano muito difícil a nível pessoal e artístico e a dois dias de completar 35 anos.

Eu vou parar de cantar. Já parei, aliás. Fiz o último concerto em outubro, nos Armazéns do Chiado, nessa altura e nesse concerto eu disse às pessoas que ia partir para uma fase nova da vida“, contou. “Subi ao palco muitas vezes no último ano e meio doente, frágil, sem nada para cantar. Eu deixei de ter vida“, revelou à apresentadora.

A fadista revela que este tipo de problemas a faz desistir – “Neste momento cantar é uma coisa que me faz mal. Na minha cabeça, este é um ponto final”, garante. “Isto é das coisas mais difíceis que eu já fiz“, revelou.

O seu último disco de originais, Raquel, foi lançado em 2016. Foi desse trabalho que saiu Meu Amor de Longe, um dos seus maiores sucessos.

Raquel Tavares ganhou notoriedade nacional pela primeira vez aos 12 anos, em 1997, quando venceu a Grande Noite do Fado. Lançou quatro álbuns de originais: Porque Canto Fado, Raquel Tavares, Bairro e Raquel. Em 2008 representou Portugal no Festival Eurovisão da Dança.

Lê também: Post Malone confirmado no Rock in Rio Lisboa