Manuel Luís Goucha alcançou o topo das trending topics nacionais do Twitter e está a subir na lista dos assuntos mais pesquisados do país no Google na noite de segunda para terça-feira (7) devido a uma conversa com a comentadora Suzana Garcia durante o programa Você na TV!.

Na intervenção da advogada acerca do jovem cabo-verdiano que foi agredido até à morte por 15 indivíduos em Bragança, o apresentou questionou se este ato de violência, perpetrado por mais de uma dezena de homens brancos, não terá tido motivações racistas.

Em vários vídeos que estão a ser partilhados por utilizadores da rede social, é mostrado Goucha a perguntar à comentadora residente do formato se, caso a agressão tivesse sido a um cidadão branco, se tinha falado tão pouco do caso. Suzana Garcia recusa que não se tenha falado do assunto, passando ao ataque.

Falou-se. Não se falou foi histericamente como esta gentalha queria que se falasse!“, numa alusão às pessoas que têm reclamado daquilo que consideram uma cobertura insuficiente do incidente por parte dos media portugueses. Além disso, justificou o número de inferior de notícias com a coincidência do período de “festividades“. Os termos utilizados pela causídica têm motivado indignação em vários dos comentários.

Não tenho paciência para parasitas da sociedade que vivem estigmatizando questões que na realidade não existem“, continuou, negando a existência de um fenómeno de racismo na sociedade portuguesa. “O senhor Mamadou Ba não tem nenhuma utilidade social para Portugal, pelo contrário, tem uma existência perniciosa para todos nós portugueses e ainda não vi qual é a autoridade dele“, atirou, questionando depois ainda a existência do Bloco de Esquerda, antigo partido deste fundador do movimento SOS Racismo.

Manuel Luís Goucha ainda revidou, perguntando à comentadora se, com estas intervenções, não estaria a ser racista – “Porquê? Mas por alma de quem?” respondeu. A intervenção completa pode ser vista no site da TVI.

Ao longo dos últimos meses, a postura do apresentador tem sido motivo de controvérsia. Se por um lado, uns elogiam a postura cordata e firme com que coloca as questões, outros criticam o facto de o Você na TV! abrir espaço em antena para um discurso que consideram populista e xenófobo.

Até agora, nem o apresentador, nem a comentadora da Crónica Criminal quiseram manifestar-se sobre a polémica nas redes sociais.

Recorda: ‘Você na TV!’: uma nova apresentadora, um estúdio renovado e um neo-nazi