Casar

Galiza. Acordo para investidura do governo socialista pede emissão de rádios e televisões portuguesas

O acordo assinado para que o Bloco Nacionalista Galego (BNG) aprove a investidura do governo do Partido Socialista Operário Espanhol (PSOE) prevê várias medidas de apoio à língua galega, que evoluiu do galaico-português, e entre elas está a facilitação da emissão das rádios e televisões portuguesas na Galiza, conta o jornal Público.

O partido galego, representado no Parlamento pelo deputado Néstor Rego, quer assim que sejam postas em prática as medidas já previstas na Lei Paz-Andrade, de 2014. Atualmente a Televisão da Galiza (TVG) tem um acordo com a RTP que prevê a realização de conteúdos de ficção e entretenimento em conjunto, nos quais se contam a recente emissão do programa Aqui Portugal a partir de Santiago de Compostela ou as séries Vidago Palace e Auga Seca, que estreará este ano.

vidago palace mikaela lupu rtp tv galiza
Vidago Palace foi produzida em parceria pela RTP e pela TV Galicia.

Nas outras medidas de apoio à língua galega incluem-se ainda o aumento do número de horas de emissão dos canais públicos espanhóis em desdobramento para a Galiza e a normalização do uso do galego na administração periférica do Estado e na justiça, bem como o respeito pela toponímia galega.

O líder dos socialistas espanhóis, Pedro Sánchez, tem se desdobrado em contactos para conseguir o apoio das várias formações partidárias para a aprovação da sua investidura, que caso se verifique, permitirá a tomada de posse de um governo de coligação entre o PSOE e o Unidas Podemos, partido de esquerda liderado por Pablo Iglésias.

Mais Artigos
E-Sports
Opinião. Como os E-Sports podem substituir ou melhorar o desporto ao vivo