O fim-de-semana foi de derrotas para o horário nobre da SIC. Depois de Mental Samurai ter vencido no sábado, no domingo foi a vez de Pesadelo na Cozinha tomar a dianteira.

O programa conduzido pelo chef Ljubomir Stanisic foi o mais visto do dia com 12,7% de audiência média e 23,4% de share e só perdeu vantagem para o concorrente quando esteve em intervalo. Casados À Primeira Vista II despediu-se em segundo lugar, com um rating de 12,2% e share de 23,1%.

A principal aposta da RTP1 para os domingos, o The Voice Portugal, ficou a alguma distância das apostas das privadas, com 7,5% de audiência média e 16% de share. O talent-show foi o sexto programa mais visto do dia.

Lê também: Conselho de Redação vai contra plenário de jornalistas e defende Maria Flor Pedroso

A TVI esteve reforçada este domingo. Além do Pesadelo na Cozinha, também o Somos Portugal (7,3% / 20,2%) liderou durante a tarde e ajudou o Jornal das 8 (11,5% / 22,4%) a ficar taco-a-taco com o Jornal da Noite (11,6% / 22,3%) da SIC. Nos totais diários, a Quatro marcou 17,3%, contra 18% da líder. A RTP1 desceu aos 11,5%.

Outros destaques

  • Olhó Baião (3% / 15,7%) foi líder nas manhãs a partir das 10h, depois de a SIC ter iniciado o dia a perder. Das 8h às 10h liderou o Bom Dia Portugal (2,1% / 20,1%) da RTP1.
  • Shrek 3 (6,7% / 21,5%) foi o único filme da SIC a liderar contra o Somos Portugal. Ano Novo, Vida Nova (4,5% / 14,8%) e Esquecido (7,2% / 16%) não foram além do segundo lugar.
  • A Fox, com 3,3% de share, aproximou-se do melhor resultado deste ano e da liderança do Cabo, que ficou com a CMTV, que marcou 3,8%.
  • A versão original de A Canção de Lisboa foi exibida pela RTP Memória e registou 1% de audiência média e 2,7% de share, com um pico de 2,2% de audiência às 18h13. Foi o melhor resultado do ano para a rubrica Cinema Clássico.