Fotografia: Sofia Matos Silva / Espalha-Factos

Lisboa dá boas-vindas a 2020 com Ornatos Violeta e Xutos & Pontapés

O rock marca o ritmo das festas de revéillon em Lisboa, anunciou esta quinta-feira (12) o Município, que lança Ornatos Violeta e Xutos & Pontapés na noite de 31 de dezembro. O programa inclui três dias de concertos, que arrancam no dia 29, domingo.

A 29 de dezembro é apresentado um concerto de música clássica, “com uma orquestra original formada de raiz para esta ocasião e composta por 52 músicos“, anuncia a EGEAC em comunicado. Clássicos no Tejo será dirigido pelo Maestro Cesário Costa e apresentará operetas, bailados, danças, valsas e polcas num concerto de final de tarde (18h).

No dia seguinte, 30, é a vez de José Cid subir ao palco. Ícone do contexto musical português e vencedor da última edição do Grammy Latino de Excelência Musical, o artista atua a partir das 21h30 num concerto em que passará por novos e velhos êxitos.

Lê também: José Cid e o Grammy: a carreira volta a superar as polémicas

Na noite de 31 para 1, a festa será rija com Xutos & Pontapés a abrir a noite, com um concerto para todas as gerações que nos últimos 40 anos têm acompanhado a carreira da banda, depois seguindo por um concerto de celebração do novo ano dos Ornatos Violeta, que continuam sem se despedir efetivamente dos palcos.

Além dos concertos haverá, como habitual, o fogo de artifício que recebe o Ano Novo em Lisboa. Durante 15 minutos, entre o rio e a Praça do Comércio, será festejada a entrada de 2020 com aquele que prometem ser “um envolvente espetáculo de luz“.

Mais Artigos
Os Sopranos HBO
HBO dá 500 horas de programação gratuitas