Na sequência de uma reportagem especial sobre os 20 anos do Big Brother em todo o mundo, a TVI anunciou o lançamento de uma nova edição do programa e abriu inscrições para participar no formato.

Esta aposta é o primeiro grande anúncio da programação do canal de Queluz para o próximo ano e é prometida, para este BB2020, “uma edição histórica, inovadora e surpreendente” que vai manter “a inocência do primeiro dia, e a essência dos dias de hoje“.

A nova edição, de participantes anónimos, será a primeira desde 2003. Desde 2000, quando foi lançado o primeiro Big Brother em Portugal, foram produzidas quatro edições com desconhecidos e três edições com famosos (Big Brother Famosos e Big Brother VIP), a última das quais em 2013.

Recorda: Gala do ‘Big Brother’ foi a menos vista de sempre

Teresa Guilherme, apresentadora habitual do programa, disse à revista TV7Dias que seria “um belo desafio” voltar a ser a anfitriã, principalmente “por ser uma efeméride de 20 anos“.

Afastada da participação regular em programas televisivos desde que apresentou pela última vez o reality-show Secret Story em 2016, onde foi substituída por Manuel Luís Goucha, afirmou que “gostava de voltar à televisão para fazer uma coisa interessante“. No entanto, sublinha que a acontecer, deverá ser “com todas as condições que havia naquela altura, e estou a falar de condições de conforto, da casa, dos concorrentes“.