Christian Bale esteve presente no BBC Breakfast e surpreendeu os espectadores com o seu sotaque britânico.

Para os espectadores do BBC Breakfast, é “estranho ouvi-lo falar na sua voz verdadeira“. E, com voz verdadeira, referem-se ao Cockney English com que o ator se apresentou.

Christian Bale nasceu no País de Gales, mas apesar de pertencer ao povo galês, o ator de American Psycho ou Dark Knight é perito na gíria do East End londrino.

A sua origem foi também uma surpresa para o público do programa matinal da BBC, sendo que a maioria pensava que o ator era norte-americano. Alguns questionaram se o sotaque associado às suas palavras era falso, e outros afirmaram mesmo que foi exatamente o que pareceu.

Christian Bale e Matt Damon apareceram no programa para promover o seu novo filme, Le Mans ’66: O Duelo, de James Mangold, que tem estreia marcada para esta quinta-feira (14). Os dois atores estrelam a história da rivalidade entre a Ford e a Ferrari nos anos 60.

Não é a primeira vez que Bale se envolve com o nome Ferrari: em 2016, esteve perto de interpretar Enzo Ferrari no filme de Michael Mann, que conta a história do italiano e da marca automóvel que criou. Em 2017 foi revelado que o protagonista seria Hugh Jackman, após a desistência de Bale por motivos de saúde. Ainda no tópico da saúde, Christian Bale já admitiu que não fará mais papéis em que tenha de engordar ou emagrecer abruptamente.

Desta vez, Bale envolve-se com os carros através da personagem do piloto britânico Ken Miles, com a companhia do visionário Carroll Shelby (Matt Damon).

Lê também: ‘Friends’: regresso da série está em negociações