‘Golpe de Sorte’ consolida vantagem e bate segundo máximo consecutivo

A série Golpe de Sorte bateu um segundo recorde consecutivo de quota de mercado esta sexta-feira (8) ao aumentar a audiência face a quinta-feira, quando registou o máximo anterior.

No penúltimo episódio, a história de Maria do Céu (Maria João Abreu) chegou mesmo ao primeiro lugar do top diário, apesar de só ter ido para o ar às 23h19. Obteve uma audiência média de 13,2% e share de 36,3%, com um pico de 38,4% às 23h44.

Os números da série da SIC beneficiaram da boa herança deixada por Terra Brava, que marcou 13% de audiência média e 30,4% de share no horário anterior, mas que terminou o episódio em valores muitos próximos dos 36% de share. Nazaré, às 21h25, liderou com 12,5% de audiência média e 26,1% de share.

Passo decisivo na ‘virada’ da SIC

Golpe de Sorte termina a sua caminhada na estação de Paço de Arcos este domingo (10), tendo iniciado um período de vitórias em horário nobre para o canal. Foi com a chegada desta produção, que ocupou em maio o lugar que antes era da novela Alma e Coração e motivou mudanças na grelha do prime-time, que Daniel Oliveira conseguiu virar o jogo no principal horário da televisão.

A TVI, que até aí dominava as noites, está hoje relegada um segundo lugar muito discreto. Na Corda Bamba (7,2% / 15,7%) e Prisioneira (5% / 13,3%) registam menos de metade da audiência das principais concorrentes.

A SIC liderou com 22,7% de share e a novidade do dia foi a subida da RTP1 ao segundo lugar, com 13,9%. A TVI ficou a cinco décimas, nos 13,4%.

Outros destaques

  • Sexta às 9 (9,4% / 19,4%) marcou a melhor audiência média do ano e liderou durante 10 minutos da sua transmissão.
  • A Trégua, nova série da RTP2, estreou acima da média do horário: 1,3% de audiência média e 3,2% de share.
  • Luz Vermelha, na RTP1, bateu mínimos: 1,6% de audiência média e 4,1% de share.
  • O Primeiro Jornal (7,1% / 32,6%) marcou o share mais alto dos últimos dois meses e continua sólido na liderança ao almoço, contra o Jornal da Tarde (4,1% / 18,6%) e o Jornal da Uma (3,8% / 17,9%). Em quota de mercado só mesmo Golpe de Sorte teve mais.
  • Depois de a semana 44, de 28 de outubro a 3 de novembro, ter sido a melhor do ano para a SIC, com 20,8% de média, a 45 prepara-se para ser ainda melhor. De segunda a sexta, a média foi de 22,8%, mais 1,1 pontos percentuais que no mesmo período da semana anterior.
Mais Artigos
spotify the weeknd
The Weeknd, Trump e Fauci estão entre as 100 pessoas mais influentes em 2020 para a Time