A RTP anunciou esta quarta-feira (6) quem vai compor as canções a concurso na próxima edição do Festival da Canção, a partir de fevereiro de 2020.

O festival irá contar com 16 canções. Catorze dos compositores foram convites diretos da RTP. Segundo a estação pública, têm em conta a “representação da diversidade de géneros musicais que tem sido aplicada desde que foi posta em prática uma remodelação do formato após um ano de pausa verificado em 2016“.

São eles António Avelar Pinho, Blasted Mechanism, Dino d’Santiago, Elisa Rodrigues, Filipe Sambado, Hélio Morais, Jimmy P, João Cabrita, Marta Carvalho, Meera, Pedro Jóia, Rui Pregal da Cunha, Throes + The Shine e Tiago Nacarato.

Os outros 2 compositores foram escolhidos por concursos promovidos pela RTP. Cláudio Frank chega-nos através do programa “Masterclass” da Antena 1, que inclui artistas que ainda não tenham música editada à data. Já Dubio Feat. +351, chega ao certame através de um concurso de livre submissão pública.

A recordar, em 2017 venceu o Festival da Canção Salvador Sobral com ‘Amar pelos Dois’, composta pela irmã Luísa Sobral. Mais tarde, foi a canção vencedora da Eurovisão 2017, a primeira vitória de Portugal desde que participa.

Já em 2018, a canção vencedora do Festival da Canção foi ‘O Jardim‘, interpretada por Cláudia Pascoal e composta por Isaura, no ano em que o festival europeu foi acolhido em Portugal. Este ano, a polémica ‘Telemóveis‘, composta e interpretada por Conan Osíris, foi a escolhida pelos portugueses. A música foi um fenómeno, mas não conseguiu o lugar na final da Eurovisão 2019.

As semifinais do Festival da Canção 2020 estão previstas para os dias 22 e 29 de fevereiro nas instalações da RTP, e a grande final para dia 7 de março, em local ainda a anunciar.

Lê também:

The Voice Portugal: O que é feito dos ex-vencedores?