A atriz Rachel Weisz vai dar vida a Elizabeth Taylor em A Special Relationship, um filme da See-Saw Films que retrata a vida da estrela americana enquanto atriz e ativista.

A história é desenvolvida a partir da amizade de Elizabeth Taylor com o seu assistente, Roger Wall, que contratou nos anos 80.

A Special Relationship será produzido por Iain Canning e por Emile Sherman, co-fundadores da See-Saw Films, e por Simon Gillis e Danny Perkins. A eles juntam-se Barbara Berkowitz e Tim Mendelson, os responsáveis pelo legado de Taylor.

A produção parte da peça escrita por Simon Beaufoy, vencedor do Óscar de Melhor Roteiro Adaptado com Slumdog Millionaire (2008). A direção está a cargo da dupla Bert&Bertie, responsável por Troop Zero (2019).

Canning e Sherman disseram que Bert&Bertie, sendo “melhores amigas na vida real e colaboradoras na criatividade”, são o duo perfeito para contar a história de A Special Relationship.

[A Special Relationship] é uma comemoração de como as amizades conseguem mudar a vida das pessoas, e como Elizabeth ajudou a mudar o mundo.

Para os produtores, há um fascínio, atrativo para audiências, pela vida privada de famosos ícones de Hollywood. “Não há ninguém mais icónico do que Elizabeth Taylor, e Simon Beaufoy escreveu um papel que ilumina o humor e a humanidade de Elizabeth, que será lindamente ressuscitado pelo talento extraordinário de Rachel Weisz”.

Duas artistas de peso

Rachel Weisz ganhou o Óscar de Melhor Atriz Coadjuvante, em 2006, pelo seu papel em The Constant Gardener (2005). Este ano, foi nomeada para a mesma categoria com The Favourite (2018).

Já Elizabeth Rosemond Taylor (1932 – 2011), no seu tempo, ganhou Óscares de Melhor Atriz com Who’s Afraid of Virginia Woolf? (1966) e Butterfield 8 (1960). Foi nomeada cinco vezes, venceu duas e ainda foi premiada com um BAFTA e um Globo de Ouro.

A anglo-americana começou sua carreira como atriz infantil no início dos anos 40, acabando por se tornar, nas décadas de 50 e 60, uma das estrelas mais populares do cinema clássico de Hollywood. Elizabeth foi a primeira atriz a assinar um contrato milionário com uma produtora, para estrelar o filme Cleópatra, em 1963.

A estrela de cinema ficou conhecida pela sua vida glamorosa e pelos seus múltiplos casamentos. Mas muito para além disso, é ainda hoje lembrada por ter dado um passo importante no combate à SIDA. Liderou várias campanhas de prevenção e foi co-fundadora da Fundação Americana para Pesquisa da SIDA, em 1985, e da Fundação AIDS Elizabeth Taylor, em 1991.

Durante esta luta, Taylor cruzou-se com Roger Wall, o seu assistente, um homossexual que cresceu num ambiente de pobreza e homofobia no Sul dos Estados Unidos, na década de 80. É sobretudo neste trabalho de ativismo que esta produção biográfica se vai focar.

A Special Relationship ainda não tem data de estreia definida.

LÊ TAMBÉM: EMILIA CLARKE LARGA OS DRAGÕES E ENTREGA-SE AO NATAL EM LAST CHRISTMAS. VÊ O TRAILER