A realidade virtual sempre foi um tema de grande entusiasmo para diversas vertentes da tecnologia. Desde gadgets a programas, a realidade virtual continua com grande espaço para crescimento. Embora haja uma relação direta entre jogos e realidade virtual, a tecnologia tem sido implementada fortemente para além dos jogos de consola e mobile.

Este ano, a Google lançou a segunda versão do Google Glass Enterprise Edition. Com este lançamento, a Google continuou com o investimento nos projetos dos smart glasses. Embora esta versão seja mais vocacionada ao mundo empresarial, é um avanço na sofisticação de dispositivos de realidade virtual que são direccionados para além do lazer. Mesmo tendo conhecimento de que a Google continua na vanguarda entre a competição, o foco na realidade virtual direccionada para ambientes empresariais tem atraído grandes nomes da tecnologia para o desenvolvimento de óculos VR. A inteligência artificial aplicada a estes dispositivos é a mais avançada até hoje e promete ajudar até em sectores de emergência.

Google, Glasses, High-Tech, Modern, Design, View, Glass

Fonte: Pixabay

Na parte do lazer, a realidade virtual continua a impressionar com a tecnologia implementada no entretenimento digital. No cinema, a qualidade de produção e realização dos estúdios conta cada vez mais com uma vasta selecção de efeitos especiais e as famosas tecnologias IMAX e Dolby. Para além do tradicional 3D do cinema, outras iniciativas e eventos começam a aderir ao potencial oferecido pela realidade virtual. Hoje, plataformas de vídeo e redes sociais oferecem a visualização de vídeos em VR e 360. Em Portugal, o festival de cinema Avanca foi o primeiro a receber filmes de realidade virtual e de 360 graus.

Em termos de jogos, existe grande interesse em aumentar a interação dos jogadores nos ambientes de jogos. Os grandes nomes das consolas, como a Sony, continuam a oferecer um forte foco no lançamento de jogos e gadgets com realidade virtual e até realidade aumentada. A indústria mostra que a experiência e a transição dos jogadores para os títulos mais populares de consola têm sido positivas.

A área de entretenimento beneficia de uma constante evolução que promove e inova as experiências do entretenimento digital. A ideia por trás destas inovações tem o objetivo de retratar com o maior grau possível de realismo e simulação o ambiente de jogo. Por exemplo, jogos como as séries de Gran Turismo sempre tiveram o objetivo de simular a condução no jogo com a da vida real. Por sua vez, jogos que requerem cenários mais clássicos, como os jogos de blackjack, também não ficam de fora. Cenários que reproduzem de forma realista o que é vivenciado em um ambiente de jogos de cartas têm sido também implementados por meio do uso de tecnologias como o live streaming. Isso permite que as pessoas acessem ambientes de entretenimento online e tenham uma experiência que mimetiza o ambiente clássico.

O universo de eSports é um dos que contribuem significativamente para o aperfeiçoamento da realidade virtual, especialmente agora que vemos uma transformação nos desportos para o mundo digital. No entanto, é claro que as grandes empresas, como a Google, continuam a dominar o mercado nesta área e a aumentar consideravelmente o número de produtos oferecidos.

Com o constante desenvolvimento da tecnologia de realidade virtual pelas grandes empresas da área é esperado que esta tecnologia para além do entretenimento faça parte do dia a dia de instituições e serviços no mundo empresarial. O futuro é virtual e quem investir em tecnologia para aplicações práticas ficará na dianteira da produtividade.