Fonte: IMDB

Produtor do filme responde: E depois de ‘Toy Story 4’?

Haverá vida depois de Toy Story 4 para Woody e Buzz Lightyear? Com quase mil milhões de euros arrecadados a nível mundial de acordo com o Box Office Mojo, o quarto filme de Toy Story tornou-se a película mais lucrativa da saga, provando que, 24 anos depois do início das aventuras, o público continua a demonstrar apreço pelos famosos brinquedos.

Todavia, o desfecho de Toy Story 4 parece eliminar a possibilidade de uma sequela. O misto de emoções e os caminhos separados deixam o público a indagar: o que se segue? Mark Nielsen, produtor do último filme, esclarece algumas dúvidas em entrevista à Digital Spy. Na ótica de Nielsen, ainda é “demasiado cedo” para avaliar o impacto que o sucesso do quarto filme terá num eventual Toy Story 5. 

“Temo-nos concentrado bastante no… tu sabes, primeiro o lançamento nas salas de cinema, e agora o lançamento em DVD. Ainda não pensámos muito para além disso”, afirma.

Os novos projetos da Disney

De momento, outras prioridades estão na agenda da Disney. Nielsen adianta a produção de “sete novos filmes, muito entusiasmantes, que já têm equipas a trabalhar neles”, facto que tem adiado o diálogo sobre o futuro de Toy Story. “A nossa atenção está muito em Onward, Soul e outros futuros filmes da Pixar agora”, esclarece o produtor.

‘Onward’, um dos novos projetos da parceria Disney-Pixar. Fonte: Divulgação Disney / Pixar

Onward, em português Bora Lá, e Soul, consistem nas mais recentes produções da parceria DisneyPixar a estrear no próximo ano. Enquanto Onward se foca na vida de dois irmãos elfos à procura da magia que deixou as suas vidas, Soul aponta para uma abordagem mais madura ao explorar o conceito de alma, no pós-vida de um professor de jazz. Duas interessantes perspetivas, muito antecipadas pela empresa.

Será o “infinito e mais além” finito?

A hipótese de uma série spinoff centrada em personagens secundárias do franchise pode, assim, tornar-se viável. Nielsen admite o interesse nos restantes brinquedos, visto que “todos têm um ângulo tão diferente”. “Podia-se mesmo tirar qualquer personagem do quarto da Bonnie e todos são merecedores da sua própria série. Têm estas histórias implícitas e futuros implícitos”, conclui.

Lamp House, a nova curta sobre a pastorinha Bo Peep, chegará, brevemente, à plataforma Disney+, um forte indício desta ânsia da produtora em “explorar mais personagens”. Forky, adição recente à saga, irá, também, receber a sua própria série, intitulada Forky Asks a Question, projeto criado por Mark Nielsen.

“Tive a sorte de produzir a série do Forky para a Disney+, o que foi muito divertido. São mais 30 minutos de animação. Então vai ser interessante. Vai ser divertido ver a reação à série do Forky quando esta sair. Acho que vai determinar a possibilidade de haver mais ou não.”

Se ainda não existem novas longas-metragens relacionadas com Toy Story no horizonte, Nielsen confirma que tal opção não será excluída. O “infinito e mais além” pode não ter chegado ao fim e, até lá, há muito para apreciar nas criações vindouras do universo Disney.

Mais Artigos
Big Mano 2020 Herman José Big Brother 2020
Herman José estreia sátira ao ‘Big Brother’