A atriz Helena Bonham Carter vai interpretar a Princesa Margaret na terceira e quarta temporadas de The Crown. Para se preparar para o papel, além de ler todas as biografias sobre a Princesa, contratou um astrólogo, um grafologista e uma medium.

Nas duas primeiras temporadas, o papel pertencia a Vanessa Kirby. Ao The Guardian, descreveu o papel de Margaret como “o melhor presente que já recebi” e a sua estadia em The Crown como “a melhor época da minha vida“. A atriz confessou que tinha, na parede do seu quarto, uma fotografia de Margaret, que observava frequentemente e refletia acerca de “o que é que Margaret faria nesta situação?” Vanessa Kirby deu à personagem uma vulnerabilidade caraterística da juventude e, graças ao seu desempenho, conquistou o prémio de Melhor Atriz Coadjuvante, naquele que foi o primeiro BAFTA da Netflix. Quanto a abandonar a série e passar o testemunho, conta que “dizer adeus foi horrível“.

Vanessa Kirby

Vanessa Kirby venceu o BAFTA de Melhor Atriz Coadjuvante pelo papel de Princesa Margaret.

Agora chegou a vez de Helena Bonham Carter assumir o papel. Assumir a continuação daquilo que foi iniciado por Kirby é “definitivamente intimidante“, revelou durante o Festival. A atriz enveredou por uma pesquisa minuciosa acerca da Princesa, tendo optado por contratar, entre outras entidades, uma medium, que, alegadamente, lhe permitiu contactar a princesa falecida. Foi o jornal The Guardian que noticiou esta revelação feita durante o Festival Literário de Cheltenham.

Ao interpretarmos alguém real, que existiu efetivamente, precisamos do seu aval, porque se trata de uma responsabilidade“, disse, justificando esta escolha de pesquisa. O bate-boca entre as duas foi, aparentemente, produtivo. A atriz revela que, quando perguntou diretamente se a escolha a agradava, a Princesa respondeu “És melhor do que as outras atrizes que estavam a considerar“. “Ela disse que estava satisfeita por ser eu“, conta o The Guardian.

Depois deste esclarecimento, Bonham Carter apercebeu-se de que se tratava mesmo de Margaret: “É sem dúvida algo que a Margaret diria. Ela era pró na arte de elogiar e criticar ao mesmo tempo“. Ainda assim, a Princesa não se ficou por aí: “Vais ter de te retocar, de ser mais arranjada e organizada“, exigiu.

Princesa Margaret e Helena Bonham Carter

Helena Bonham Carter foi escolhida para interpretar Princesa Margaret em The Crown.

Quem melhor para dar dicas acerca da Princesa Margaret do que a própria? “Vais ter de te retocar, de ser mais arranjada e organizada“, exigiu. Helena conta que “ela era pró na arte de elogiar e criticar ao mesmo tempo“. Um dos tópicos que a Princesa abordou durante o diálogo foi “o detalhe do fumar“, pois, conta Helena, “fumava de uma forma única“. “A piteira era tanto uma arma para me expressar como para fumar“, exclamou alegadamente a irmã da Rainha Isabel II, que, para além de ter o hábito de fumar, tinha o de beber, como relembra Helena.

Na perspetiva da atriz, a Princesa que encarnará era “incompreendida e mal interpretada. Não era, de todo, uma durona rude. Era extremamente vulnerável e, por vezes, o ataque é o melhor mecanismo de defesa“. Apesar do que era esperado de si enquanto realeza, Margaret “não conseguia fingir (…) tudo o que lhe passava pela cabeça saía-lhe pela boca. Era como uma bomba relógio“.

Como se estes contactos não bastassem, Helena Bonham Carter conseguiu testemunhos de entidades próximas à Princesa, como damas de companhia, parentes e amigos próximos. “Amavam a mulher e estavam satisfeitos por falarem dela, pois sentem saudades“.

Princesa Margaret e Mark Bonham Carter

Mark Bonham Carter, tio de Helena, e a Princesa Margaret na estreia do filme Kiss Me, em Londres, dia 22 de fevereiro de 1954.

Segundo o que Helena contou durante o Festival, quando conheceu Margaret, a mesma deu a entender que Helena estava a melhorar no ramo da representação. Ao jornal, explicou ainda que o seu tio Mark Bonham Carter e a Princesa chegaram a estar juntos no tempo em que ele pertencia à guarda que a protegia. “Permaneceram bons amigos. Tenho fotografias deles juntos e formavam um casal maravilhoso“, opinou Helena.

LÊ TAMBÉM: OS NOVOS PRÉMIO NOBEL DA LITERATURA: OLGA TOKARCZUK E PETER HANDKE

Helena Bonham Carter já participou em várias dezenas de filmes. Fez, por exemplo, de Bellatrix Lestrange em Harry Potter e de Marla Singer em Fight Club. Mais curioso ainda é o facto de ter encarnado a Rainha Isabel II em The King’s Speech (2010), passando agora a interpretar a sua irmã em The Crown. O papel valeu-lhe o prémio BAFTA de Melhor Atriz Coadjuvante.

Helena Bonham Carter e Collin Firth em The King's Speech

Helena Bonham Carter e Colin Firth nas gravações de The King’s Speech (2010).

A série que retrata a vida no Palácio de Buckingham regressa à Netflix a 17 de novembro. O ponto de partida para a terceira temporada será o ano de 1964.