Se a vida de John Lennon não tivesse sido subitamente interrompida em 1980, o compositor e ativista inglês completaria esta quarta-feira (9) 79 anos. Em jeito de homenagem e celebração, recordamos alguns dos seus principais trabalhos na música.

‘Hello Little Girl’, 1957

Foi o início de uma bela amizade. Lennon e McCartney conheceram-se depois de John ter dado um concerto com The Quarrymen, banda que assentava no princípio do improviso skiffle (género que mistura folk, jazz e blues) e que, para todo os efeitos, é a “mãe” dos Beatles. É também a primeira música que Lennon compôs e que marca o início da sua carreira como compositor e letrista. Foi escrita em 1957 e editada apenas seis anos depois.

‘She Loves You’, 1963

É um dos principais temas da parceria Lennon-McCartney. Letra e música escritas a quatro mãos, e um dos singles mais vendidos de sempre, continua a ser hoje um dos mais viciantes. Como não sorrir e gritar ao som de “yeah yeah yeah” e concluir que foi definitivamente o início de uma bela parceria?

‘In My Life’, 1965

Lennon tinha acabado de completar os 25 anos e os Beatles estavam a lançar Rubber Soul. Este é um tema completamente autobiográfico em que recorda melancolicamente a sua infância. Será seguramente um dos primeiros temas onde Lennon explora o seu lado mais pessoal.

‘Two Virgins’ (Side One), 1969

Após o casamento com Yoko Ono, John Lennon inicia um período mais experimental enquanto compositor e artista. Com Unifished Music Number 1 – Two Virgins dá lugar à carreira de Lennon sem os Beatles e o disco choca muita gente ao exibir o casal nu. Tanto as fotografias quanto o registo do disco – editado independentemente e gravado maioritariamente na sua casa, em Londres – continuam a ser peças de arte exibidas em exposições.

‘Give Peace a Chance’, 1969

O artista é indissociável do ativista. Foi em Montreal, no apelidado Bed In, que, com Yoko Ono, gravou o tema cheio de cobertura mediática que denunciou a guerra do Vietname. Aproveitando o interesse dos meios de comunicação social no casal, convidaram a imprensa a estar presente no quarto 1742 do Queen Elizabeth Hotel e foi aí que gravaram o tema.

‘Imagine’, 1971

Será possivelmente uma das músicas mais tocadas de sempre. Sobrevive ao próprio Lennon e a várias gerações de ativistas que frequentemente a usam. Artistas como Elton John, David Bowie,  Madonna, Lady Gaga ou Eddie Vedder tocaram já versões deste tema que continua a arrepiar qualquer mortal.

Lê também: BANDA DO FILME ‘VARIAÇÕES’ DÁ CONCERTO GRATUITO EM LISBOA