O monólogo Reforma Política chega a Lisboa, à La Maison Alcântara, já no primeiro fim-de-semana de outubro.

O texto de Jô Bilac, relata a história de um romance entre a Reforma Política – personagem principal da história – e o seu noivo, o Sistema Político Brasileiro. Nesta relação desgastada, os paralelismos são conseguidos através da comparação desta relação com uma relação abusiva e utilizando exemplos de relações de poder na política brasileira.
A sátira interpretada por Tatiana de Lima, explica-nos como o Sistema Político Brasileiro serve os interesses da Câmara e do Senado – também estes personagens integrantes da história -, virando as costas à própria República Federativa do Brasil.
Neste espetáculo, a Reforma Política reflete sobre a dinâmica da sua relação com o Sistema Político e sublinha a importância da não subjugação. Em simultâneo que se assiste a esta separação entre mulher e homem, procura-se discutir e mostrar a mulher como alguém empoderado.
LÊ TAMBÉM: HARRY POTTER: EXPOSIÇÃO COM ROUPA E ADEREÇOS USADOS NOS FILMES CHEGA A PORTUGAL
“Reforma Política” estreia-se em Lisboa, depois de haver sido estreada em São Paulo, em 2017. Este ano, o Espaço Ovárias, local no qual a peça – com dramaturgia de Cláudio Simões – também esteve cena, foi nomeado nos Prémios Shell de Teatro. Esta indicação, na categoria de inovação, deve-se ao papel feminino na cena estético-política carioca.
Sobe a cena na La Maison Alcântara – um novo espaço de intervenção cultural em Lisboa – nos dias 5 e 6 de outubro, pelas 20h. Os bilhetes encontram-se à venda por 10 euros.