À décima primeira é de vez. A derradeira temporada de Modern Family está à porta e mais de 200 episódios depois é fácil esquecer a primeira vez que conhecemos estas personagens.

Estávamos em setembro de 2009 quando os Pritchett se apresentaram. Fomos rever o primeiríssimo episódio de Modern Family, para te mostrar todos os pequenos pormenores de que possivelmente de esqueceste.

“Meninos, pequeno-almoço!”. É a primeira frase do guião de Modern Family, dita por Claire. Uma frase tão banal, mas que ao mesmo tempo introduz tão bem o espírito da série. Descomplicada, mundana e próxima ao dia a dia de todos.

Foi isso que ao longo de 10 anos fez com que todos nos sentíssemos parta desta família, que no meio de tantas personalidades diferentes, consegue encaixar um bocadinho de cada um de nós na perfeição.

Começamos por conhecer Claire, Phil, Alex e Haley e passámos diretamente para um campo de futebol onde estão Jay, Gloria e Manny. Ver Manny a jogar à bola faz-nos parar e pensar se aquele romântico excessivo não tinha já tido outra faceta.

O plano muda para Cam e Mitch num avião. Foram buscar Lily a um orfanato no Vietname e estão de regresso aos Estados Unidos. Curiosamente, neste primeiro contacto com a família Tucker-Pritchett é Mitch quem entra em confronto com terceiros de forma aberta, algo que para qualquer fã da série é a exceção que comprova a regra.

“Vou trazer um amigo cá a casa… Dylan”

O personagem interpretado por Reid Ewing é o primeiro a aparecer em Modern Family, fora do núcleo duro desta família, o que não deixa de ser curioso visto que após anos de encontros e desencontros é parte integrante da família, já que ele e Haley estão à espera de gémeos.

Na altura Haley tem 15 anos e anuncia que vai trazer o primeiro amigo rapaz a casa. A situação provoca um ataque de stress a Claire (o primeiro de muitos) e leva Phil a dizer pela primeira vez que é um “cool dad”.

É logo no arranque de Modern Family que Phil dá pérolas como dançar e cantar temas de High School Musical e afirmar que está familiarizado com as abreviações nas mensagens. Dez anos depois, não sabemos de Phil já sabe que WTF não é “Why The Face”, mas o carinho que o personagem de Ty Burrell conseguiu é inegável.

Anjos e cartas de amor

O primeiro encontro com os Pritchett-Delgado, Pritchett-Tucker e Dunphy teve mais para oferecer e não, não foram só os comentários sarcásticos de Alex às atitudes do irmão.

Já com Lily em casa, Cam faz uma surpresa a Mitch: uma espécie de fresco com os dois vestidos de anjos para o quarto de Lily. O absurdo da situação leva à inevitável gargalhada e este é só um dos momentos extra que Cam ofereceu. Basta lembrar todas as atuações musicais para as quais empurrou o marido sempre que possível, e em momentos tão distintos como uma festa da escola ou um aniversário de casamento de outras pessoas.

Manny não durou mais de dez minutos a mostrar-nos que o futebol não era para si. Um romântico fora da sua época, apaixona-se à primeira vista por uma rapariga mais velha e obriga a família a ir até ao centro comercial onde esta trabalha para lhe dar uma carta a professar o amor que sente.

Lê também: ‘THE GOOD PLACE’. TUDO O QUE PRECISAS DE SABER SOBRE A ÚLTIMA TEMPORADA

É um gesto bem os estilo de Manny, que vai até às últimas instâncias para fazer o gesto romântico mais extravagante possível. A última vez que o vimos, a namorada tinha-o deixado depois de a ter pedido em casamento. Temos ainda uma temporada para ver este romântico incurável com um final à medida.

A carta de amor é lida por Jay no final do episódio e mostra o outro lado desta comédia, a parte “fofinha” de Modern Family. Esta família está de facto repleta de grandes personalidades que muitas vezes entram em choque, mas há sempre tempo para reconciliações e para falar dos laços que unem uma família e da compreensão e apoio incondicional que ser pai, irmão, tio ou primo requer.

O episódio termina com um comentário cortante de Jay que tira a tensão criada com a leitura da carta, ou não fosse esta uma série de comédia. A verdade é que essa foi sempre a fórmula de Modern Family, mostrar uma família tal e qual é. Com os momentos bons e os momentos maus. Sem filtros. Sem filtros mas como muitos momentos divertidos pelo meio.

Olhar para este episódio só faz pensar que as vidas destes personagens mudaram, tal como as dos espectadores. Dez anos são dez anos, mas olhar para Modern Family vai ser sempre como voltar a casa e descomprimir daquilo que se passa no mundo. Nem que seja por 20 minutos.

A última temporada de Modern Family começa esta quarta-feira (dia 25).