Seána Kerslake
(Divulgação/MotelX)

MOTELX 19: ‘The Hole in The Ground’ deixa demasiado por dizer

Mais um filme irlandês em competição, também com uma mãe solteira como protagonista chamada Sarah. Apesar destas coincidências, The Hole in The Ground em nada se compara a A Good Woman is Hard To Find. O filme de Lee Cronin tem um terror mais clássico e negro, mas fica muito aquém da concorrência.

The Hole in The Ground conta a história de Sarah, uma mãe solteira que se muda para o campo com o seu filho, Chris – para uma casa assustadoramente grande para duas pessoas. Não entendemos o passado desta família, apenas que fugiram do pai, de quem nada sabemos. Sarah tem uma cicatriz estranha na testa, que às vezes começa a sangrar, mas esse aspeto também não é explorado.

Partimos assim para explicações simbólicas de tudo o que é deixado por dizer: talvez a cicatriz e a partida sejam sinal de violência doméstica, de um marido abusivo e um passado violento. Neste novo local onde os dois vivem, há uma cratera gigantesca no meio da floresta e uma mulher aparentemente louca que diz a Sarah que Chris não é realmente o seu filho.

A acção desenrola-se com inúmeros acontecimentos estranhos: o seu filho esquece-se que não gosta de certas coisas, ou que tem medo de aranhas, e chega a atirar uma mesa contra a mãe com uma força sobre-humana. Sarah começa realmente a duvidar da identidade e do comportamento do seu filho, associando tudo à cratera na floresta.

Com esta história, o filme tinha mais potencial para nos assustar e surpreender. Porém, é muito lento, tem cenas aparentemente desnecessárias e não se entende muito bem o que vai acontecendo. Certamente, não é dos melhores candidatos a vencer o prémio de melhor longa europeia.

LÊ A CRÍTICA A ALL THE GODS IN THE SKY, TAMBÉM EM COMPETIÇÃO

A protagonista do filme, Seána Kerslake, esteve presente na sessão, substituindo o realizador. A atriz afirmou acreditar que este é mais um thriller psicológico do que um filme de terror. Mas se era essa a intenção do realizador, não teve muito sucesso. O filme apoia-se muito na escuridão das imagens, no som e nas expressões assustadoras da criança, quando podia ser mais eficaz ao fazer-nos entrar na cabeça desta mãe que vive absolutamente atormentada.

The Hole in The Ground acaba por desiludir, ao não explorar o folclore irlandês relacionado com o tema, nem nos explicar o que realmente acontece naquele buraco na floresta. As atuações dos protagonistas são o ponto mais forte do filme, mas há demasiadas questões deixadas por responder.

Lê Mais MOTELX 19: ‘HORROR NOIRE’ É A AULA DE HISTÓRIA QUE PRECISAMOS
Reader Rating0 Votes
0
5
Mais Artigos
RHCP
Red Hot Chili Peppers confirmados no NOS Alive 2021