A assumir um papel preponderante n’O Programa da Cristina, Cláudio Ramos revelou aos jornalistas que progressivamente quer abandonar o seu papel como comentador social.

Reiterando que não sabe o que é que o futuro lhe reserva e que outros projetos poderá ter na nova temporada da SIC, destaca desde já que, o que acontecer será “cada vez mais longe do registo de comentador social“.

Esse é um ciclo que, aos meus olhos, se vai fechando. Vai se abrindo outro. A idade é outra, as responsabilidades são outras, e há alturas em que um e outro papel não são compatíveis. E eu não quero que sejam compatíveis“, esclarece o apresentador, separando as águas face ao novo momento da sua carreira.

Lê também: Audiências: ‘Nazaré’ bate recorde ao terceiro episódio

Cláudio Ramos clarifica ainda que tem vindo a “fazer um desmame” para que um dia se entregue “só a uma área“, afastando quaisquer “saudades daquilo que já foi“.

O sucesso que ninguém sonhava

O vizinho de Cristina Ferreira no programa da SIC admite que “ninguém sonhava” com os resultados que o programa alcançou. “Nós trabalhamos e conseguimos ver o resultado que é a escolha do público (…) Estamos satisfeitos porque o produto é bom, porque é bem feito e tu tens orgulho no produto porque sentes que ele é bem feito, tens orgulho porque o que estás a dar às pessoas é bom“, destaca.

Admitindo que não conhecia a apresentadora antes de começar a trabalhar com ela n’O Programa da Cristina, Cláudio Ramos confessa que a química da dupla “foi uma coisa do momento“, acrescentando que depois “as coisas vão crescendo, vamos melhorando” e confessando que “foi surpreendente” a forma como os dois acabaram por se entrosar, apesar de não se conhecerem antes.

O apresentador, que não ambiciona ter nenhum espaço a solo na televisão, assume a predileção pelo formato de duplas. “Eu gosto muito porque eu acho que se tu dividires, em cenário, és muito generoso tu e a pessoa com quem divides. E tu divertes-te mais, dás mais, a diversidade é muito maior“, explica.

Quando questionado pelo Espalha-Factos sobre como lidou com a pressão nas semanas em que teve de substituir Cristina Ferreira ao comando do programa, Cláudio referiu que, quando há pressão, “tens de lidar com ela e preparares-te muito bem preparado“.

Eu preparei-me uma vida inteira de trabalho para conseguir fazer aquilo que fiz ali, bem feito. Tenho muito orgulho no que fiz. (…) Dá-me muita satisfação perceber que consegui manter a fasquia num mês muito complicado como o mês de agosto, com a qualidade que o programa merece ter, nunca baixando o nível da qualidade e conseguindo manter os números“, realçou o profissional da SIC.

No entanto, ainda há “todas as manhãs e às vezes à noite, aquele friozinho na barriga“. “As pessoas esperam mais de ti. Então é aquela coisa – ‘O que é que eu vou fazer, como é que vai correr? Tenho isto pensado, vou fazer aquilo, como é que aquilo funciona?’. Tens de te preparar… Fico muito nervoso e ansioso“, conta Cláudio.

O Programa da Cristina está no ar de segunda a sexta-feira às 10h15, na SIC. Cláudio Ramos, que só entrou no terceiro dia de transmissão do formato, tornou-se depois uma presença constante em vários dos segmentos do programa, assumindo o papel de apresentador substituto durante as férias de Cristina Ferreira. Além destas funções, Cláudio manteve ainda participação no programa Passadeira Vermelha, da SIC Caras.