Victoria Guerra e Albano Jerónimo em A Herdade
Divulgação/Leopardo Filmes

‘A Herdade’ escolhido como candidato português aos Óscares

A Herdade, filme realizado por Tiago Guedes, foi escolhido como o candidato português aos Óscares de 2020. A longa-metragem pode representar Portugal na corrida ao Óscar de melhor filme estrangeiro, anunciou a Academia Portuguesa do Cinema.

A 92.ª edição da cerimónia que premeia o melhor do cinema realiza-se a 9 de fevereiro, em Los Angeles. Portugal espera que A Herdade, de Tiago Guedes, seja nomeado para o Óscar de melhor filme estrangeiro. Entre outros possíveis candidatos, estavam Variações – o filme português mais visto do ano –, Parque Mayer Raiva.

A longa metragem de Tiago Guedes teve a sua estreia mundial no 76.º Festival de Veneza, a 5 de setembro, merecendo o Prémio Bisato d’Oro para Melhor Realização. Também faz parte da seleção oficial do Festival de Toronto, que termina este domingo (15).

A Herdade chega às salas de cinema portuguesas na próxima semana, a 19 de setembro. O filme conta a história de uma família portuguesa, dona de um grande latifúndio a sul do Tejo. Passa pela evolução histórica, política e social do país entre os anos 40 e a atualidade.

O argumento foi escrito por Rui Cardoso Martins e Tiago Guedes e o elenco inclui Albano Jerónimo, Victoria Guerra, Sandra Faleiro e Miguel Borges.

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Mais Artigos
Iminente
Festival Iminente transmite evento solidário no Instagram