Manuel Luís Goucha pode estar a caminho das tardes da TVI, para concorrer com a atual líder do horário, Júlia Pinheiro. No entanto, a apresentadora recusa-se a fazer qual comentário sobre as movimentações dos competidores.

Não falo sobre a concorrência. Porque não sei. Enquanto não acontecer, não aconteceu“, exclamou a anfitriã de Júlia à margem da Nova Temporada SIC, esta segunda (9).

Recusando fazer quaisquer prognósticos antes do jogo, a também diretora da SIC Mulher e da SIC Caras preferiu focar-se no facto de considerar que faz “o melhor talk-show português“, explicando que durante a semana passada esteve ausente durante alguns dias, tendo a estação de Paço de Arcos transmitido repetições – “Tive um pequeno problema de voz, que teve consequências que me deixaram afónica. Não podia falar, não podia fazer“.

Além disso, Júlia Pinheiro afirmou estar “muito feliz” com as apostas da nova grelha da estação. “Acho que temos programas muito giros, acho que continuamos a ter uma linha muito coerente. Acho que temos aqui outra vez, em termos de ficção, grandes apostas, um bom retrato daquilo que é a sociedade portuguesa, as histórias portuguesas“, afirmou.

Júlia tem estado no ar desde o dia 8 de outubro de 2018, tendo trazido a apresentadora de regresso a um formato a solo especialmente dedicado às entrevistas e histórias de vida. Foi uma das primeiras alterações de programação levadas a cabo por Daniel Oliveira. Contrariamente ao que acontece noutros programas do mesmo género, a anfitriã raramente é substituída  – a exceção aconteceu apenas na semana passada, quando Ana Marques preencheu o seu lugar  –  e, quando vai de férias ou falta, a estação tem transmitido reposições ou programas gravados anteriormente, mantendo, sempre que possível, no ar, a titular do formato.

*Artigo atualizado às 13h40, de dia 10 de setembro, com a informação de que Júlia Pinheiro foi de facto substituída no seu programa, ainda que numa só ocasião.