A terceira edição do Festival Aciprestes acontece já na próxima sexta-feira e sábado (13 e 14) no Jardim das Amendoeiras em Linda-a-Velha. O cartaz inclui bandas como os Bosque e os Paradoxo e, este ano, o festival é de entrada livre.

Ao todo serão cinco projetos musicais que irão passar em Linda-a-Velha, por ocasião de mais uma edição do Festival Aciprestes. “Alimenta a tua mente” é novamente o mote do evento que propõe destacar novos projetos ligados à música alternativa lusófona.

Para além dos já referidos Bosque e Paradoxo, a terceira edição vai contar também com o duo brasileiro Bocomoco e os portugueses Hércules e DJ Teixen.

Quem são os protagonistas da terceira edição?

Os Bosque surgiram na primavera de 2015, em Lisboa, juntando Afonso Bizarro e Ricardo Costa na voz, guitarra e teclas, Bruno Moreira no baixo e Lourenço Oliveira na bateria. Finalista do concurso EDP Live Bands 2018, a banda de rock psicadélico vai apresentar o seu novo single ‘Sunsétima‘, lançado em abril; o primeiro longa-duração vai ser lançado ainda este ano.

Por um outro lado, o grupo Paradoxo já tem o primeiro álbum editado chamado ‘Lado do Lago’ e prepara o sucessor, intitulado Ao Colo ou De Pé.

A mescla de pop, blues e psicadélica do duo brasileiro Bocomoco tem como proponentes Adolfo Lothar — guitarrista e vocalista — e Yago Oliveira — baterista e vocalista. projeto foi também finalista da edição deste ano do EDP Live Bands.

Por fim, Hércules afirma-se como uma “banda de rock moderno português” e é formada por Alexandre Guerreiro (voz e guitarra), Humberto Dias (bateria), Pedro Pimenta Almeida (baixo), João Alves (teclas) e Martim Seabra (segundas guitarras).