Este ano não houve Rock in Rio, mas as comemorações continuam. É já nos próximos dias 6, 7 e 8 de setembro, nos jardins da Torre de Belém, em Lisboa, que se comemoram os seus 15 anos em Portugal, com a presença de Ivete Sangalo, James, Agir e Carolina Deslandes.

Os grandes destaques são os concertos de nomes internacionais: no segundo dia (7), quem toca são os britânicos James, também às 21 horas. O terceiro e último dia (8) das comemorações fica a cargo de Ivete Sangalo, nome absolutamente clássico na história do Rock in Rio Lisboa, tendo marcado presença em todas as edições do certame.

O primeiro dia ficará marcado por um concerto sinfónico que homenageia as 8 edições do evento em Portugal. É a cargo de uma Orquestra de 60 músicos, dirigida pelo Maestro Rui Massena, que nos chega o espetáculo “Symphonic_15″, às 21 horas de sexta-feira (6) e de entrada gratuita.

Para o evento, a Torre de Belém é acompanhada de um palco em forma de guitarra. O espetáculo conta ainda com a participação dos músicos portugueses Agir e Carolina Deslandes.

Os músicos interpretarão temas dos vários artistas que pisaram os palcos do festival, em Lisboa, desde 2004. Desde grupos lendários como The Rolling Stones ou Queen, até sensações do popr&b como Bruno Mars. E sem esquecer, é claro, o grande ícone do festival: Ivete Sangalo. Todos eles já passaram pelo Palco Mundo do Parque da Bela Vista, fazendo parte de uma longa lista de 860 artistas.

O concerto terá cerca de uma hora e meia, e do mesmo farão obrigatoriamente parte 15 temas escolhidos especificamente pelo Maestro. Confere a lista:

  • Muse – ‘Supremacy
  • Muse – ‘Prelude
  • Bruno Mars – ‘24K Magic
  • Guns n’ Roses – ‘Live and Let Die
  • Ed Sheeran – ‘Perfect
  • Queen – ‘Bohemian Rhapsody
  • Black Eyed Peas – ‘I Gotta Feeling
  • Agir – ‘Como Ela é Bela
  • Xutos e Pontapés – ‘Homem do Leme
  • Martinho da Vila – ‘Mulheres
  • Ivete Sangalo – ‘Festa
  • The Rolling Stones – ‘Satisfaction
  • James – ‘Sit Down
  • Stevie Wonder – ‘Isn’t She Lovely
  • Avicii – ‘Wake Me Up

E há algo de especial em algumas das músicas escolhidas: ‘Homem do Leme‘ será interpretada de Carolina Deslandes, em homenagem à banda portuguesa que tocou em todas as edições do festival. Já a participação de Agir é a título próprio.

O evento promete ainda que o espetáculo será acompanhado por uma projeção nas três faces da Torre e por fogo de artifício no Tejo.

Lê também:

Rock in Rio de regresso em 2020 mas há música já este ano