ângelo rodrigues
Fotografia: SIC / Divulgação

Ângelo Rodrigues internado em estado crítico

Ângelo Rodrigues, atualmente no ar como Bruno na série Golpe de Sorte, da SIC, foi internado em estado crítico no Hospital Garcia de Orta, em Almada, avança o Correio da Manhã.

LÊ AQUI AS ÚLTIMAS ATUALIZAÇÕES SOBRE O ASSUNTO.

O ator deu entrada nesta unidade hospitalar na segunda (26) com uma infeção muito grave e já terá sido submetido a duas intervenções cirúrgicas para remover tecidos, avança o jornal diário.

De acordo com a mesma publicação, Ângelo está “entre a vida e a morte“. A antiga estrela de Morangos com Açúcar tem estado a fazer hemodiálise e, na sequência das complicações do seu estado clínico, já terá entrado em paragem cardíaca, depois revertida pela equipa médica.

A revista VIP adianta que esta infeção se deve ao também modelo ter feito uma reação adversa a injeções de testosterona nas nádegas. Os representantes de Ângelo Rodrigues já confirmaram o seu estado de saúde, embora não tenham feito quaisquer declarações adicionais a este respeito.

Injeções de testosterona: Qual o objetivo e quais os riscos?

Injetar testosterona pode ser feito por vários motivos: para aumentar a massa muscular, tonificar o corpo ou até melhorar a disposição e a libido. No entanto, o uso desta hormona pode trazer danos à saúde.

Em declarações ao jornal O Globo, no fim de 2018, a médica Cidinha Ikegeri sublinhava que a utilização de injeções deve ser “esclarecida e combatida“, dizendo que esta só deve ser tomada por quem tenha baixa produção da mesma. “O uso sem indicação pode trazer consequências graves e, em alguns casos, irreversíveis“, sublinhava a especialista.

Ao injetar testosterona sintética no corpo, vamos sujeitar os rins e o fígado a alguma sobrecarga, o que pode causar várias doenças. Sérgio Maurício, ortopedista e especialista em medicina do desporto, explicou à revista Glamour que “a hepatite medicamentosa pode ser uma consequência a curto prazo, chegando a ser fulminante em alguns casos“, acrescentando que “a sobrecarga do fígado, a longo prazo, leva à mutação de algumas células e pode predispor a tumores deste órgão“.

 

Mais Artigos
Rodrigo Guedes de Carvalho SIC
Rodrigo Guedes de Carvalho recupera 100 mil espectadores ao ‘Jornal da Noite’